Estátua de Nossa Senhora de 18 metros é inaugurada no sertão do Rio Grande do Norte

Segundo o ACI Digital (24/06/2024), uma imagem de Nossa Senhora das Vitórias de 18 metros de altura foi inaugurada e abençoada na noite do sábado (22) na praça dos Romeiros, ao pé do Monte do Galo, em Carnaúba dos Dantas (RN).

A cerimônia de inauguração começou com a oração do ângelus, a recitação do terço e a apresentação da Orquestra Filarmônica 11 de dezembro. Depois, o administrador diocesano de Caicó, dom Antônio Carlos, celebrou a missa e fez a bênção da imagem.

A imagem gigante de Nossa Senhora das Vitórias é de fibra de vidro e foi feita pelo escultor Pedro Pereira de Souza de Sabeiro, no Ceará.

O Monte do Galo é um local de peregrinação que recebe romeiros de vários lugares que sobem para rezar, pedir e agradecer bênçãos recebidas. No alto do monte fica a Capela de Nossa Senhora das Vitórias, inaugurada em 1930, um cruzeiro, a sala dos ex-votos e as 14 estações da via-sacra ao longo da subida. Além de ser um dos principais pontos turísticos religiosos do Rio Grande do Norte, tornou-se Patrimônio Imaterial, Histórico, Cultural, Paisagístico, Turístico e Religioso do Estado em 2021.

Fonte: https://www.acidigital.com/noticia/58347/estatua-de-nossa-senhora-de-18-metros-e-inaugurada-no-sertao-do-rio-grande-do-norte

Sobre Prof. Felipe Aquino

O Prof. Felipe Aquino é doutor em Engenharia Mecânica pela UNESP e mestre na mesma área pela UNIFEI. Foi diretor geral da FAENQUIL (atual EEL-USP) durante 20 anos e atualmente é Professor de História da Igreja do “Instituto de Teologia Bento XVI” da Diocese de Lorena e da Canção Nova. Cavaleiro da Ordem de São Gregório Magno, título concedido pelo Papa Bento XVI, em 06/02/2012. Foi casado durante 40 anos e é pai de cinco filhos. Na TV Canção Nova, apresenta o programa “Escola da Fé” e “Pergunte e Responderemos”, na Rádio apresenta o programa “No Coração da Igreja”. Nos finais de semana prega encontros de aprofundamento em todo o Brasil e no exterior. Escreveu 73 livros de formação católica pelas editoras Cléofas, Loyola e Canção Nova.
Adicionar a favoritos link permanente.