É preciso fazer silêncio na alma

orandohomemNo silêncio, Ele nos escuta, Ele nos fala…

paz_interiorRezar é muito difícil, quando não se sabe como rezar, mas é preciso que nós nos ajudemos a rezar.

A coisa mais importante é o silêncio. As almas de oração são almas de silêncio profundo. Nunca poderemos pôr-nos diretamente na presença de Deus sem impor-nos um silencio interior e exterior. Por isso é que precisamos acostumar-nos ao silencio do espírito, dos olhos e da língua.

Leia também: Quando rezar?

Por que devemos aprender a silenciar?

O que é o silêncio interior?

A sabedoria do silenciar

E os silêncios de Deus? 

Deus é amigo do silêncio. Nós precisamos encontrar Deus, mas não podemos descobri-lo nem no ruído, nem na agitação. Vejam como a natureza, as árvores, as flores e a erva crescem em profundo silêncio. Vejam como as estrelas, a lua e o sol deslocam-se em silêncio.

Nossa missão não é dar Deus aos pobres das ruas? Não um Deus morto, mas um Deus vivo, um Deus de Amor… Os apóstolos dizem: “Nós vamos consagrar-nos continuamente à oração e ao ministério da palavra”.

Quanto mais recebermos em nossa oração silenciosa, tanto mais poderemos dar em nossa vida ativa. O silêncio nos prenda com um olhar novo para todas as coisas. Nós precisamos deste silêncio a fim de mover as almas. O essencial não é o que dizemos, mas o que Deus nos diz e o que diz por nosso intermédio.

Jesus sempre nos espera em silêncio. Neste silêncio, escutar-nos-á; ai é que Ele falará às nossas almas. E aí nós ouviremos sua voz; o silêncio interior é muito difícil, mas nós devemos fazer o esforço de orar. Neste silêncio, nós encontraremos uma energia nova e uma unidade real. A energia de Deus se tornará nossa, a fim de bem cumprirmos todas as coisas. Unidade de nossos pensamentos com seus pensamentos, unidade de nossas preces com suas preces, unidade de nossos atos com seus atos, de nossa vida com sua vida…

para_estar_com_deusTodas as nossas palavras serão inúteis, se não provierem do fundo do coração; as palavras que não transmitem a luz de Cristo só aumentam a escuridão…

Esforçai-vos por caminhar na presença de Deus, por ver Deus em todos aqueles que encontrardes, por viver ao correr de todo o dia a vossa meditação matutina. Mormente nas ruas, resplandeça em vós a alegria de pertencer a Deus, de viver com Deus, de serdes d’Ele. Por este motivo, nas ruas, nas favelas e em vosso trabalho, silêncio que Jesus guardou durante trinta anos em Nazaré e ainda guarda constantemente no tabernáculo, a interceder por nós. Rezai como rezou Maria, pois ela conservou tudo em seu coração, pela oração e pela meditação, e continua e fazê-lo sem cessar, já que é a medianeira de todas as graças.

Tão simples é o ensinamento de Cristo que até uma criancinha pode balbucia-lo. Os apóstolos disseram: “Ensina-nos a orar”. E Jesus respondeu: “Quando orardes, dizei: Pai nosso…”.

Retirado do livro: “Trago-vos o Amo”. Madre Teresa de Calcutá.

Sobre Prof. Felipe Aquino

O Prof. Felipe Aquino é doutor em Engenharia Mecânica pela UNESP e mestre na mesma área pela UNIFEI. Foi diretor geral da FAENQUIL (atual EEL-USP) durante 20 anos e atualmente é Professor de História da Igreja do “Instituto de Teologia Bento XVI” da Diocese de Lorena e da Canção Nova. Cavaleiro da Ordem de São Gregório Magno, título concedido pelo Papa Bento XVI, em 06/02/2012. Foi casado durante 40 anos e é pai de cinco filhos. Na TV Canção Nova, apresenta o programa “Escola da Fé” e “Pergunte e Responderemos”, na Rádio apresenta o programa “No Coração da Igreja”. Nos finais de semana prega encontros de aprofundamento em todo o Brasil e no exterior. Escreveu 73 livros de formação católica pelas editoras Cléofas, Loyola e Canção Nova.
Adicionar a favoritos link permanente.