Cristãos do Afeganistão se preparam para a perseguição

Segundo o ACI (21/08/2021), os cristãos do Afeganistão se preparam para uma nova rodada de perseguição com a retomada do poder pelo Talibã. “Estamos dizendo às pessoas para ficar em suas casas porque sair, agora, é muito perigoso,” disse à organização International Christian Concern (ICC) um líder cristão afegão cujo nome é mantido em segredo por razões de segurança.

Segundo esse líder comunitário, é apenas uma questão de tempo para começarem os ataques a cristãos. “Vai ser ao estilo da máfia”, disse ele. “O Talibã nunca vai assumir a responsabilidade pelas mortes. Alguns cristãos conhecidos já estão recebendo telefonemas ameaçadores. Nessas chamadas, pessoas desconhecidas dizem: Vamos atrás de vocês.”

A comunidade cristã afegã, estimada em algo entre 10 mil e 12 mil pessoas, é formada majoritariamente de convertidos do Islã e é a maior minoria religiosa do país de 38 milhões de habitantes. Por causa da perseguição os cristãos vivem basicamente sua religião escondidos do público.

A vida sob o governo dos talibãs vai ser muito difícil para os cristãos, disse o líder comunitário. Quando o talibã toma o controle de uma cidade, disse, os moradores são obrigados a ir para a mesquita rezar, numa tentativa de descobrir quem se converteu ao cristianismo.

O ICC relata que em algumas partes do norte do Afeganistão o Talibã já impôs sua interpretação estrita da sharia e que “os homens são obrigados a deixar a barba crescer, as mulheres não podem sair de casa sem uma acompanhante homem, e a vida está se tornando mais perigosa.”

“Muitos cristãos temem que o talibã vai tirar seus filhos, tanto meninos quanto meninas, como na Nigéria e na Síria”, disse o líder cristão. “As meninas serão forçadas a se casar com milicianos talibãs e os meninos serão forçados a se tornar combatentes.”

“É um dia de cotar o coração para os cidadãos do Afeganistão e uma época perigosa para ser um cristão”, diz o despacho de um diretor de campo da Open Doors na Ásia, uma missão não-confessional que apoia cristãos perseguidos. “É uma situação de incerteza para o país todo, não só para os crentes ocultos.”

Antes mesmo da tomada do poder pelo Talibã, Open Doors classificava o Afeganistão em segundo lugar em sua lista de perseguição “apensa um pouco menos opressora do a Coreia do Norte.”

Fonte: https://www.acidigital.com/noticias/cristaos-do-afeganistao-se-preparam-para-a-perseguicao-38878

Be Sociable, Share!

Sobre Prof. Felipe Aquino

O Prof. Felipe Aquino é doutor em Engenharia Mecânica pela UNESP e mestre na mesma área pela UNIFEI. Foi diretor geral da FAENQUIL (atual EEL-USP) durante 20 anos e atualmente é Professor de História da Igreja do “Instituto de Teologia Bento XVI” da Diocese de Lorena e da Canção Nova. Cavaleiro da Ordem de São Gregório Magno, título concedido pelo Papa Bento XVI, em 06/02/2012. Foi casado durante 40 anos e é pai de cinco filhos. Na TV Canção Nova, apresenta o programa “Escola da Fé” e “Pergunte e Responderemos”, na Rádio apresenta o programa “No Coração da Igreja”. Nos finais de semana prega encontros de aprofundamento em todo o Brasil e no exterior. Escreveu 73 livros de formação católica pelas editoras Cléofas, Loyola e Canção Nova.
Adicionar a favoritos link permanente.