Corpo do jovem Carlo Acutis está incorrupto? Postulador se pronuncia sobre rumores

Segundo o ACI (24/01/2019), na quarta-feira, 23 de janeiro, ocorreu a exumação do Venerável Carlo Acutis, jovem conhecido como “ciberapóstolo da Eucaristia”, porém, a postulação de sua beatificação informou que ainda é “prematuro” afirmar que seu corpo está incorrupto, conforme recentes rumores que circularam na mídia e redes sociais.

Em um comunicado publicado no site oficial da Associação Carlo Acutis e da sua causa de beatificação e canonização, o postulador Nicola Gori afirmou: “Na quarta-feira, 23 de janeiro de 2019, os restos mortais do Venerável Carlo Acutis, de acordo com as leis canônicas, foram exumados e transferidos para um local adequado, tendo em vista sua transferência para o Santuario della Spogliazione di Assisi, marcada para os dias 5 a 6 de abril”.

“Em relação ao estado de conservação do corpo, qualquer julgamento é prematuro, pois as devidas investigações ainda estão sendo realizadas pela equipe médica”, completou.

O jovem Carlo Acutis nasceu em 3 de maio de 1991 e faleceu aos 15 anos, em 12 de outubro de 2006, devido a uma leucemia. O adolescente ofereceu seus sofrimentos pelo Papa e pela Igreja.

A fase diocesana de sua causa de beatificação foi aberta em 15 de fevereiro de 2013 e concluída em 24 de novembro de 2016. Esta foi realizada pela Arquidiocese de Milão. Em 5 de julho de 2018, o Papa Francisco assinou o decreto que reconhece as virtudes heroicas do agora Venerável Carlo Acutis.

Natural de Londres (Inglaterra), onde sua família residia por motivos profissionais, Acutis e seus pais se mudaram, anos mais tarde, para Milão (Itália).

Recebeu a Primeira Comunhão aos 7 anos de idade e, desde então, sua vida foi marcada por um profundo amor à Eucaristia, a qual considerava como “rodovia para o céu”.

Participava todos os dias da Missa e também rezava o terço, impulsionado por sua devoção à Virgem Maria, a qual considerava sua confidente. Além disso, dava aulas de catecismo às crianças e ajudava os mais necessitados.

Sua intensa vida espiritual o levou a criar o que alguns chamaram o “kit para tornar-se santo”, que era composto por Missa, Comunhão, Terço, leitura diária da Bíblia, confissão e serviço aos outros.

Uma biografia dele recolhe as palavras que pronunciou sobre os seus ideais: “A nossa meta deve ser o infinito, não o finito. O Infinito é a nossa Pátria. Desde sempre o céu nos espera”.

Por outro lado, Acutis desenvolveu desde pequeno o seu talento pela informática e os adultos que o conheciam o consideravam um gênio.

Assim, uniu o conhecimento da informática ao seu zelo evangelizador e criou exposições virtuais sobre temas da fé. Um dos mais destacados foi realizado quando tinha 14 anos e trata sobre milagres eucarísticos no mundo inteiro.

Segundo indica o site ‘Famiglia Cristiana’, antes de saber que estava doente, o jovem fez um vídeo no qual disse que, se morresse, gostaria que o enterrassem em Assis, onde estão atualmente os seus restos mortais.

Em 2007, o jornalista Nicola Gori, hoje postulador da Causa de Beatificação do jovem, publicou o livro ‘Eucaristia. Minha rodovia para o céu: Biografia de Carlo Acutis’ e, em 2016, apresentou no Vaticano seu novo livro ‘Um gênio da informática no céu: Biografia de Carlo Acutis’.

Para ver o comunicado (no original em italiano), visite o site: http://www.carloacutis.com/it/association

Fonte: https://www.acidigital.com/noticias/corpo-do-jovem-carlo-acutis-esta-incorrupto-postulador-se-pronuncia-sobre-rumores-37110

Be Sociable, Share!

Sobre Prof. Felipe Aquino

O Prof. Felipe Aquino é doutor em Engenharia Mecânica pela UNESP e mestre na mesma área pela UNIFEI. Foi diretor geral da FAENQUIL (atual EEL-USP) durante 20 anos e atualmente é Professor de História da Igreja do “Instituto de Teologia Bento XVI” da Diocese de Lorena e da Canção Nova. Cavaleiro da Ordem de São Gregório Magno, título concedido pelo Papa Bento XVI, em 06/02/2012. Foi casado durante 40 anos e é pai de cinco filhos. Na TV Canção Nova, apresenta o programa “Escola da Fé” e “Pergunte e Responderemos”, na Rádio apresenta o programa “No Coração da Igreja”. Nos finais de semana prega encontros de aprofundamento em todo o Brasil e no exterior. Escreveu 73 livros de formação católica pelas editoras Cléofas, Loyola e Canção Nova.
Adicionar a favoritos link permanente.