Coronavírus: Presidente da Polônia reza por seu povo diante da Virgem de Czestochowa

Segundo o site ACI, o presidente da Polônia, Andrzej Duda, foi ao santuário católico de Jasna Góra, onde se encontra a imagem original de Nossa Senhora de Czestochowa, para pedir pela saúde de seu povo diante da pandemia de coronavírus COVID-19.

Segundo assinalou a Conferência Episcopal da Polônia, em 27 de março, “o Presidente da República da Polônia, Andrzej Duda, veio ontem a Jasna Góra para rezar pela pátria e pelos poloneses durante a pandemia de coronavírus”.

A imagem de Nossa Senhora de Czestochowa, também conhecida como “A Madona Negra”, é conservada no santuário Jasna Góra e, segundo a tradição, teria sido pintada pelo evangelista São Lucas.

Muitos milagres são atribuídos a essa devoção mariana, que também fortaleceu a identidade polonesa ao longo da história.

São João Paulo II, nascido na Polônia como Karol Wojtyla, visitou o santuário de Jasna Góra várias vezes. A primeira vez que o fez como Papa foi em 1979, logo após ser eleito.

Na sua capela privada, São João Paulo II tinha uma réplica de Nossa Senhora de Czestochowa.

Publicado originalmente em ACI Prensa. Traduzido e adaptado por Nathália Queiroz.

Fonte: https://www.acidigital.com/noticias/coronavirus-presidente-da-polonia-reza-por-seu-povo-diante-da-virgem-de-czestochowa-17366

Be Sociable, Share!

Sobre Prof. Felipe Aquino

O Prof. Felipe Aquino é doutor em Engenharia Mecânica pela UNESP e mestre na mesma área pela UNIFEI. Foi diretor geral da FAENQUIL (atual EEL-USP) durante 20 anos e atualmente é Professor de História da Igreja do “Instituto de Teologia Bento XVI” da Diocese de Lorena e da Canção Nova. Cavaleiro da Ordem de São Gregório Magno, título concedido pelo Papa Bento XVI, em 06/02/2012. Foi casado durante 40 anos e é pai de cinco filhos. Na TV Canção Nova, apresenta o programa “Escola da Fé” e “Pergunte e Responderemos”, na Rádio apresenta o programa “No Coração da Igreja”. Nos finais de semana prega encontros de aprofundamento em todo o Brasil e no exterior. Escreveu 73 livros de formação católica pelas editoras Cléofas, Loyola e Canção Nova.
Adicionar a favoritos link permanente.