Conheça a impressionante conversão familiar desta religiosa de clausura chinesa

De acordo com o site ACI, Maria Zhang Yuechun, natural da China, tem 61 anos, é convertida ao cristianismo, viúva, mãe de 5 filhos, todos religiosos. Em 7 de junho, fez os votos perpétuos no mosteiro de clausura de Santo Toribio de Liébana, na cidade de Vitigudino, Salamanca (Espanha).

Maria Zhang Yuechun chegou a Salamanca (Espanha), em 2015, para entrar no Mosteiro de clausura das Agostinianas Recoletas de Santo Toríbio de Liébana, na cidade de Vitigudino, Salamanca (Espanha), para, segundo a Ordem, completar “o círculo admirável de uma família inteira chamada por Deus à vida religiosa”.

Segundo explicou em 2015 o jornal El Norte de Castilla, a família de María Zhang não era católica, mas por causa de uma doença grave e uma experiência espiritual muito intensa, junto com o acompanhamento de uma de suas irmãs, que sim era católica, começaram a conhecer a fé.

Um caminho que culminou em sua conversão e na de seus cinco filhos. Ela e as suas quatro filhas foram batizadas em 1º de julho de 2007. Seu marido e o filho, o único menino, foram batizados no Natal daquele ano. Maria Zhang ficou viúva em 2008 e dedicou-se completamente ao apostolado.

Todos os seus filhos pediram para serem admitidos nas missões agostinianas recoletas e atualmente são religiosos da Ordem.

Uma das filhas de María Zhang YueChun afirmou, em 2015, que a Ordem Agostiniana já “intuía” que sua mãe também poderia pedir para ser uma monja de clausura. Foi assim que, em 2015, entrou para ter uma experiência no convento e, em 7 de junho de 2020, fez votos perpétuos na ordem.

Segundo informações da Ordem dos Agostinianos Recoletos, província de São Nicolás de Tolentino, a cerimônia da profissão de votos ocorreu na capela do convento, condicionada por medidas de segurança contra a propagação da COVID-19.

“Maria Sun Shen, missionária agostiniana recoleta, filha da irmã Maria Zhang e moradora de Salamanca, Espanha, no final da missa, acompanhou a sua mãe na interpretação de uma canção para Nossa Senhora em sua língua materna, o chinês, o que deu um tom oriental e emocionante à celebração”, garantiram.

Atualmente, 12 religiosas agostinianas recoletas dedicadas à vida contemplativa vivem no convento de Santo Toribio de Liébana; cinco delas de diferentes países do mundo pertencentes a quatro continentes, América (Peru e Venezuela), África (Tanzânia), Ásia (China) e Europa (Espanha).

O convento de Santo Toríbio viveu um dia “pro orantibus” com emoção especial e viveu de maneira especial o lema do dia: “Com Maria no coração da Igreja”.

Publicado originalmente em ACI Prensa. Traduzido e adaptado por Nathália Queiroz.

Fonte: https://www.acidigital.com/noticias/conheca-a-impressionante-conversao-familiar-desta-religiosa-de-clausura-chinesa-51760

Be Sociable, Share!

Sobre Prof. Felipe Aquino

O Prof. Felipe Aquino é doutor em Engenharia Mecânica pela UNESP e mestre na mesma área pela UNIFEI. Foi diretor geral da FAENQUIL (atual EEL-USP) durante 20 anos e atualmente é Professor de História da Igreja do “Instituto de Teologia Bento XVI” da Diocese de Lorena e da Canção Nova. Cavaleiro da Ordem de São Gregório Magno, título concedido pelo Papa Bento XVI, em 06/02/2012. Foi casado durante 40 anos e é pai de cinco filhos. Na TV Canção Nova, apresenta o programa “Escola da Fé” e “Pergunte e Responderemos”, na Rádio apresenta o programa “No Coração da Igreja”. Nos finais de semana prega encontros de aprofundamento em todo o Brasil e no exterior. Escreveu 73 livros de formação católica pelas editoras Cléofas, Loyola e Canção Nova.
Adicionar a favoritos link permanente.