Como não se afastar de Deus durante as férias?

A Conferência Episcopal Francesa divulgou uma série de conselhos com o objetivo de auxiliar os católicos a não se distanciarem de Deus durante o tempo de descanso.

Segundo o site Gaudium Press (14/07/2021), com o objetivo de ajudar os católicos a não se afastarem de Deus durante as férias de verão, os Bispos franceses prepararam um verdadeiro ‘Decálogo do cristão em férias’, propondo que o tempo de descanso também seja utilizado como um itinerário no amor do Senhor.

No site da Conferência Episcopal Francesa explica-se a origem desta proposta. “Durante as férias, somos ‘menos’ cristãos. Antes ainda, às vezes não o somos de nenhuma maneira. Permitimo-nos um tempo excepcional, uma festa sem Deus, domingos sem Missa. Resumidamente: Deus está de férias”, advertem.

Dedicar tempo à caridade e colocar Deus na mala

O primeiro mandamento deste decálogo indica que se dedique tempo à caridade, refletindo sobre o peso que amor terá durante as férias. Para os Bispos, este é um ponto essencial, pois caso contrário, “o período de verão corre o risco de ser somente egoísmo disfarçado de relax”.

O segundo mandamento é o de colocar Deus na mala, ou seja, levar consigo uma Bíblia, um livro com a história de algum Santo ou até mesmo alguma obra de Teologia que ajude a pensar nas coisas divinas. Além disso, não podem faltar o terço e um pequeno crucifixo.

Levar Deus no coração, fugir de ocasiões de pecado e não faltar à Missa

No terceiro mandamento os católicos são convidados a também levarem Deus no coração em cada momento das férias, pois a Fé é a nossa ligação com o Senhor. Já no quarto mandamento, os fiéis são exortados a fugirem dos lugares sem Deus, ou seja, das situações que prejudicam nosso vínculo com Deus.

O quinto mandamento destaca que o tempo das férias deve ser entendido como um longo domingo, e portanto, como “um tempo para dedicar um espaço somente a Deus”. O sexto mandamento é praticamente um desenvolvimento do anterior, não faltar à Missa usando desculpas triviais, mas sempre participar do encontro com o Senhor.

Contemplar a beleza, dar testemunho de Cristo, servir o próximo e alegrar-se

No sétimo mandamento, os católicos são incentivados a contemplar a beleza presente “na natureza, na arte, no ser humano”, porque “sem contato com a beleza, ficamos áridos rapidamente”. No oitavo mandamento, se pede que seja dado testemunho de Cristo, porque “nas férias, não devemos nos limitar a ‘permanecer’ cristãos, mas também a despertar a fé nos outros”.

O nono mandamento exorta os fiéis a servir ao próximo, porque colocar-se ao serviço do outro significa percorrer “o caminho de Deus”. Por fim, o décimo mandamento convida os católicos a alegrarem-se, pois “o cristão se alegra em tudo porque sua alegria está antes de tudo em Deus, e no seu regresso, melhor do que as fotos orgulhosas das empreitadas turísticas o cristão dará testemunho de um coração mais alegre por ter levado Deus de férias com ele”. (EPC)

Fonte: https://gaudiumpress.org/content/como-nao-se-afastar-de-deus-durante-as-ferias/

Be Sociable, Share!

Sobre Prof. Felipe Aquino

O Prof. Felipe Aquino é doutor em Engenharia Mecânica pela UNESP e mestre na mesma área pela UNIFEI. Foi diretor geral da FAENQUIL (atual EEL-USP) durante 20 anos e atualmente é Professor de História da Igreja do “Instituto de Teologia Bento XVI” da Diocese de Lorena e da Canção Nova. Cavaleiro da Ordem de São Gregório Magno, título concedido pelo Papa Bento XVI, em 06/02/2012. Foi casado durante 40 anos e é pai de cinco filhos. Na TV Canção Nova, apresenta o programa “Escola da Fé” e “Pergunte e Responderemos”, na Rádio apresenta o programa “No Coração da Igreja”. Nos finais de semana prega encontros de aprofundamento em todo o Brasil e no exterior. Escreveu 73 livros de formação católica pelas editoras Cléofas, Loyola e Canção Nova.
Adicionar a favoritos link permanente.