Como foi a procissão solene das correntes de são Paulo em Roma

Segundo o ACI Digital (01/07/2024), na Solenidade de São Pedro e São Paulo, 29 de junho, aconteceu a procissão solene das correntes de são Paulo em volta da Basílica Papal de São Paulo Fora dos Muros, em Roma, onde as relíquias do apóstolo dos gentios estão guardadas.

A procissão começou por volta das 20h (horário local) e participaram centenas de fiéis, liderados pelo abade de São Paulo Fora dos Muros, padre Donato Ogliari OSB.

A procissão, na qual foram transportadas a relíquia de são Paulo e uma imagem dele, foi acompanhada pela banda A. Panizza da cidade de Frascati.

No final do percurso pelas ruas que circundam uma das quatro basílicas papais – as outras três são São Pedro, São João de Latrão e Santa Maria Maior – os fiéis foram abençoados com as relíquias de são Paulo.

As correntes de são Paulo

A diocese de Roma diz em seu site que é possível venerar as correntes sob o altar da confissão, num relicário colocado sobre o túmulo de são Paulo, onde se encontra o sarcófago contendo seus restos mortais.

A corrente, usada por são Paulo quando esteve preso em Roma, é composta por nove elos, sustentados por duas moedas romanas que têm a efígie de Nero, imperador sob o qual o apóstolo dos gentios sofreu o martírio com a decapitação.

“Essas correntes, símbolo da limitação da liberdade humana, não impediram Paulo de anunciar o reino de Deus e de ensinar ‘as coisas relativas ao Senhor Jesus Cristo, com toda a franqueza e sem impedimentos’”, acrescenta o texto.

Fonte: https://www.acidigital.com/noticia/58399/como-foi-a-procissao-solene-das-correntes-de-sao-paulo-em-roma

Sobre Prof. Felipe Aquino

O Prof. Felipe Aquino é doutor em Engenharia Mecânica pela UNESP e mestre na mesma área pela UNIFEI. Foi diretor geral da FAENQUIL (atual EEL-USP) durante 20 anos e atualmente é Professor de História da Igreja do “Instituto de Teologia Bento XVI” da Diocese de Lorena e da Canção Nova. Cavaleiro da Ordem de São Gregório Magno, título concedido pelo Papa Bento XVI, em 06/02/2012. Foi casado durante 40 anos e é pai de cinco filhos. Na TV Canção Nova, apresenta o programa “Escola da Fé” e “Pergunte e Responderemos”, na Rádio apresenta o programa “No Coração da Igreja”. Nos finais de semana prega encontros de aprofundamento em todo o Brasil e no exterior. Escreveu 73 livros de formação católica pelas editoras Cléofas, Loyola e Canção Nova.
Adicionar a favoritos link permanente.