Colégio Filipino: uma escola de esperança, de solidez na Fé e olhar para o futuro, diz Papa

“É bom refazer os passos de Deus em nossa vida, todas as vezes em que o Senhor cruzou nosso caminho, para corrigir, incentivar, retomar, reavivar, perdoar”

Segundo o Gaudium Press, na segunda-feira, 22/03, o Papa Francisco recebeu na Sala Clementina os alunos do Pontifício Colégio Filipino de Roma. Na ocasião, o Papa parabenizou o Colégio que acolhe padres diocesanos das Filipinas que estudam nas universidades pontifícias de Roma e que está comemorando o seu 60º aniversário.

O Pontífice destacou também o 500º aniversário da primeira missa celebrada nas Filipinas que foi realizada em 31 de março de 1521. Hoje, as Filipinas têm a terceira maior população católica do mundo, depois do Brasil e do México. Cerca de 85% dos cerca de 110 milhões de pessoas do país são católicos batizados.

Aceitem as oportunidades que o Senhor lhes dá de segui-lo e de configurar sua vida para Ele

Na reflexão que proferiu para os alunos, quando falou sobre a natureza do tempo, o Papa os exortou a aceitar “as oportunidades que o Senhor lhes dá de segui-lo e configurar sua vida para ele, mesmo estando longe de sua amada Filipinas.”

O Colégio Filipino é formalmente conhecido como Pontificio Collegio Seminario de Nuestra Señora de la Paz y Buen Viaje, nome que homenageia uma célebre imagem da Virgem Maria que está na Catedral de Antipolo, nas Filipinas. Ele foi criado em 29 de junho de 1961 e inaugurado pelo Papa João XXIII em 7 de outubro de 1961.

É bom refazer os passos de Deus em nossa vida, todas as vezes em que o Senhor cruzou nosso caminho: Ele nunca nos abandonou

Dirigindo-se a uma audiência que incluía o cardeal Luís Antônio Tagle, prefeito filipino da Congregação para a Evangelização dos Povos, o Papa Francisco disse:

“Agradeçamos juntos ao Senhor por estes 60 anos de formação sacerdotal, que deram a tantos seminaristas e sacerdotes a oportunidade de crescer como sacerdotes segundo o coração de Cristo para o serviço ao Povo de Deus nas Filipinas”.

O Papa Francisco exortou os representantes do Pontifício Colégio Filipino a guardarem o passado sem cair na armadilha dele:

“É bom refazer os passos de Deus em nossa vida, todas as vezes em que o Senhor cruzou nosso caminho, para corrigir, incentivar, retomar, reavivar, perdoar”, disse.

“Assim entendemos que o Senhor nunca nos abandonou, que sempre esteve ao nosso lado de uma forma ora mais discreta, ora mais evidente, mesmo nos momentos que pareciam mais sombrios e áridos”.

Amar esta comunidade, servir os irmãos e irmãs que Deus colocou ao seu lado, aproveitar o treinamento pastoral que lhes foi dado

Francisco apelou também aos alunos para que não se deixem levar por planos futuros, mas que aproveitem ao máximo o momento presente:

“Vós, sacerdotes, estais em Roma para estudar e formar permanentemente na comunidade deste Colégio. Não te pedes para chorar as paróquias de onde vieste, nem te pedes que imagines as ‘prestigiosas’ atribuições que o bispo certamente vai querer confiar-te no teu regresso … Não, isso não! Isso é fantasia. ”

“Antes, trata-se de amar esta comunidade concreta, de servir os irmãos e irmãs que Deus colocou ao seu lado – e não falar mal deles! – para aproveitar as oportunidades de treinamento pastoral que são dadas a você. ” (JSG)

(Com informações CNA/NCRegister – Foto VaticanMedia)

Fonte: https://gaudiumpress.org/content/colegio-filipino-uma-escola-de-esperanca-de-solidez-na-fe-e-olhar-para-o-futuro-diz-papa/

Be Sociable, Share!

Sobre Prof. Felipe Aquino

O Prof. Felipe Aquino é doutor em Engenharia Mecânica pela UNESP e mestre na mesma área pela UNIFEI. Foi diretor geral da FAENQUIL (atual EEL-USP) durante 20 anos e atualmente é Professor de História da Igreja do “Instituto de Teologia Bento XVI” da Diocese de Lorena e da Canção Nova. Cavaleiro da Ordem de São Gregório Magno, título concedido pelo Papa Bento XVI, em 06/02/2012. Foi casado durante 40 anos e é pai de cinco filhos. Na TV Canção Nova, apresenta o programa “Escola da Fé” e “Pergunte e Responderemos”, na Rádio apresenta o programa “No Coração da Igreja”. Nos finais de semana prega encontros de aprofundamento em todo o Brasil e no exterior. Escreveu 73 livros de formação católica pelas editoras Cléofas, Loyola e Canção Nova.
Adicionar a favoritos link permanente.