Cerca de 9 mil igrejas fecharão neste país nos próximos anos por diminuição de fiéis

Segundo o ACI (22/03/2019), o Canadá era um país religioso até algumas décadas atrás; no entanto, a baixa frequência de fiéis em muitas igrejas em todo o país está causando o fechamento de um terço delas.

De acordo com a organização caritativa nacional do país ‘National Trust for Canada”, dedicada à preservação e renovação de lugares históricos, estima-se que nos próximos dez anos, cerca de nove mil igrejas seriam fechadas devido ao baixo número de pessoas que formam as congregações e os altos custos para a reparação de antigos templos.

“É provável que alguns dos edifícios sejam vendidos, enquanto outros serão simplesmente demolidos. Enquanto muitos estão preocupados com a perda de locais sagrados, outros estão tão preocupados com a perda de edifícios históricos”, afirmou o chefe de ‘National Trust for Canada’, Robert Pajot.

Pajot disse à CBC que “não são apenas edifícios. O impacto vai além da perda de um patrimônio em comunidade”, pois os locais de fé fomentaram a vida comunitária por gerações, assim como a formação de laços de convivência nas cidades e povoados.

“Há um sentimento de que uma perda mais profunda está ocorrendo nas cidades e povoados afetados por esses fechamentos. Em particular, perderão um senso de comunidade que apareceu ao longo do tempo e foi fomentado nas igrejas”, expressou.

Considerou que as igrejas são os centros de encontro em muitos povoados, onde são realizadas reuniões, casamentos, funerais e todos os tipos de outros serviços. Como resultado do fechamento, todos eles se afastarão junto com a possibilidade de continuar criando novas recordações no local.

Indicou também que “para muitos é um momento triste que será difícil de manejar para as comunidades que usavam os locais como centros comunitários. Outros veem esta mudança como uma oportunidade para deixar o passado ir embora e recuperar áreas e edifícios que poderiam ser usados de maneira mais eficaz para ajudar a servir às comunidades”.

Algumas igrejas tentaram se modernizar compartilhando seus espaços eclesiais com outros grupos, a fim de permanecer em pé e em ordem. No entanto, isso gerou controvérsia, considerando que pode se tornar um lugar menos sagrado por ser palco de eventos não religiosos.

Fonte: https://www.acidigital.com/noticias/cerca-de-9-mil-igrejas-fecharao-neste-pais-nos-proximos-anos-por-diminuicao-de-fieis-36753

Be Sociable, Share!

Sobre Prof. Felipe Aquino

O Prof. Felipe Aquino é doutor em Engenharia Mecânica pela UNESP e mestre na mesma área pela UNIFEI. Foi diretor geral da FAENQUIL (atual EEL-USP) durante 20 anos e atualmente é Professor de História da Igreja do “Instituto de Teologia Bento XVI” da Diocese de Lorena e da Canção Nova. Cavaleiro da Ordem de São Gregório Magno, título concedido pelo Papa Bento XVI, em 06/02/2012. Foi casado durante 40 anos e é pai de cinco filhos. Na TV Canção Nova, apresenta o programa “Escola da Fé” e “Pergunte e Responderemos”, na Rádio apresenta o programa “No Coração da Igreja”. Nos finais de semana prega encontros de aprofundamento em todo o Brasil e no exterior. Escreveu 73 livros de formação católica pelas editoras Cléofas, Loyola e Canção Nova.
Adicionar a favoritos link permanente.