História da Igreja: As Heresias Cristológicas ( II )

Continuemos a estudar as heresias cristológicas no intuito de compreender melhor a sutileza da disputa e a ação do Espírito de Deus através das vicissitudes humanas. O Henotikón e o Teopasquismo Vinte a cinco anos após o Concílio de Calcedônia, em 476, deu-se nova investida dos monofisitas contra a ortodoxia. Com efeito; os Patriarcas … Continue Lendo

São Gregório Magno: “Servo dos servos de Deus”

Você conhece a história de São Gregório Magno? Num tempo conturbado da Igreja foi eleito um dos papas mais importantes da história da Igreja, São Gregório I, Magno (590-604). Foi o segundo Papa a receber o título de Magno. Foi o primeiro monge (beneditino) a ser papa. Intitulou-se “Servus servorum … Continue Lendo

História da Igreja: As Heresias Cristológicas ( I )

Após verificar que o Filho de Deus é verdadeiro Deus com o Pai e o Espírito Santo, a atenção dos teólogos devia voltar-se mais detidamente para a questão: como Jesus pode ser autêntico Deus e autêntico homem? Como se relacionam entre si a Divindade e a humanidade de Jesus? A resposta a estas perguntas exigiu … Continue Lendo

História da Igreja: Baianismo e Jansenismo

Os Reformadores protestantes lançaram de novo o problema da graça divina e da liberdade do homem, já estudado por São Agostinho. Apoiando-se na doutrina deste mestre, eram pessimistas em relação a natureza humana e as suas capacidades. Esta temática, complexa como é, continuou a. ser debatida dentro da Igreja Católica … Continue Lendo

Você conhece as grandes obras de caridade da Igreja?

Os Santos – São Vicente de Paulo, São Francisco de Assis, São João Bosco, São Camilo de Lelis, Madre Teresa, e muitos outros viveram para fazer caridade. Na verdade, não há um santo sequer que não tenha se esmerado na caridade. QUANDO ROMA DESABOU NO ANO 476 – A misericórdia … Continue Lendo

Santa Mônica, mãe de Santo Agostinho

Nasceu de família cristã, da qual recebeu boa educação. Submetera-se inteiramente ao marido, suportando os seus escárnios e transportes de cólera com uma paciência que servia de exemplo às outras mulheres, e conquistou-o, assim, para Deus, no fim da vida. Tinha o talento particular de reunir as pessoas divididas. Depois … Continue Lendo

Testamento de São Luís, rei da França, a seu filho

São Luís (1214-1270) reinou na França por cerca de 40 anos; foi um rei justo, piedoso, que amou a Igreja e o papa e os defendeu até a morte. Ele empreendeu as sétima e oitava Cruzadas para libertar a Terra Santa do jugo muçulmano e morreu de tifo em Tunis. … Continue Lendo