Casal que recusou aborto recomendado por médicos agora ajuda mães necessitadas

Segundo o ACI Digital (18/08/2021), quando Evelyn e Randy James esperavam seu sexto filho, os médicos recomendaram o aborto. No entanto, eles rejeitaram essa alternativa. Agora, inspirados pela sua experiência, fundaram uma organização para ajudar mulheres grávidas a dizer não ao aborto e a escolher a vida.

A Fundação Paul Stefan foi criada em 2006 e tem como lema “Salvando bebês, uma mãe de cada vez”. Seu objetivo é capacitar mulheres grávidas e novas mães entregando-lhes casas seguras, boa nutrição, capacitação para a vida e atendimento médico de qualidade.

A organização, com sede em Locust Grove, na Virgínia, Estados Unidos, tem o nome do bebê de Evelyn e Randy James, Paul Stefan, um menino que na opinião dos médicos morreria antes de nascer.

Em uma entrevista ao programa da EWTN News In Depth, de 6 de agosto, Evelyn disse que ficou surpresa quando um médico recomendou que ela abortasse seu sexto filho. Ele foi diagnosticado com hérnia diafragmática.

Com o avanço da gravidez, outros médicos aconselharam ao casal um aborto tardio para o bebê quando lhe foi diagnosticada uma doença pulmonar mortal. Os pais de Paul se recusaram: escolheram a vida e o pequeno viveu milagrosamente, antes de morrer, por 41 minutos.

Randy enfatizou a alegria de conhecer o pequeno, de “dar à luz nosso bebê, segurar nosso bebê, beijar o nosso bebê, tirar fotos e que a nossa família entrasse e segurasse o bebê Paul”.

O nome de Paul foi uma homenagem ao padre Stefan Paul Starzynski, um amigo da família que os apoiou durante toda a difícil caminhada.

Evelyn lembrou que durante uma missa de cura na qual ela participou, o padre Stefan citou a madre Angélica, fundadora de EWTN, ao dizer que “a menos que você esteja disposto a fazer o ridículo, Deus não fará um milagre”. E foi o que aconteceu.

Inspirados pelo pequeno Paul, Randy, Evelyn e o padre Stefan foram chamados a oferecer recursos e assistência às mulheres grávidas e às novas mães, criando a Fundação Paul Stefan, onde o sacerdote serve atualmente como diretor espiritual.

“Quando você ajuda um bebê e uma mãe, você se pergunta: por que não posso ajudar os dois?”, disse ele. “Então você se pergunta: como posso ajudar três?”, acrescentou.

A fundação está ajudando centenas de pessoas na zona de Fredericksburg e no norte da Virgínia. Uma das mulheres é Samantha Mikelson, que experimentou a difícil vida de uma sem-teto.

Samantha disse à EWTN News In Depth que esteve lutando literalmente sozinha e agradeceu a paciência da família James, por tê-la encontrado e acolhido.

Na semana passada, a fundação abriu uma nova casa em Orange, Virgínia, para acomodar até 21 mulheres com seus filhos.

“Quando elas vêm aqui, elas têm tudo para que possam se levantar, recuperar sua dignidade e seguir em frente”, disse Randy.

O diretor de educação da fundação, John Kleinsmith, disse que as mães que chegam em busca de ajuda também recebem educação e capacitação laboral.

“O programa educacional é apenas outra ampliação da oportunidade que a Fundação Paul Stefan está dando, além de comida, refúgio e alento”, acrescentou.

Mikelson, que agora tem uma linda filha, elogiou o programa e ressaltou que a fundação lhes oferece tudo o que for necessário para ir à escola e ter “um estágio garantido no final”.

A família James e o padre Stefan rezam para que, um dia, possam administrar lares como esse em todo o país para mulheres necessitadas. Eles sabem que contam com amigos no céu que os apoiam, entre eles, o pequeno Paul.

Fonte: https://www.acidigital.com/noticias/casal-que-recusou-aborto-recomendado-por-medicos-agora-ajuda-maes-necessitadas-25640

Be Sociable, Share!

Sobre Prof. Felipe Aquino

O Prof. Felipe Aquino é doutor em Engenharia Mecânica pela UNESP e mestre na mesma área pela UNIFEI. Foi diretor geral da FAENQUIL (atual EEL-USP) durante 20 anos e atualmente é Professor de História da Igreja do “Instituto de Teologia Bento XVI” da Diocese de Lorena e da Canção Nova. Cavaleiro da Ordem de São Gregório Magno, título concedido pelo Papa Bento XVI, em 06/02/2012. Foi casado durante 40 anos e é pai de cinco filhos. Na TV Canção Nova, apresenta o programa “Escola da Fé” e “Pergunte e Responderemos”, na Rádio apresenta o programa “No Coração da Igreja”. Nos finais de semana prega encontros de aprofundamento em todo o Brasil e no exterior. Escreveu 73 livros de formação católica pelas editoras Cléofas, Loyola e Canção Nova.
Adicionar a favoritos link permanente.