Sobre Prof. Felipe Aquino

O Prof. Felipe Aquino é doutor em Engenharia Mecânica pela UNESP e mestre na mesma área pela UNIFEI. Foi diretor geral da FAENQUIL (atual EEL-USP) durante 20 anos e atualmente é Professor de História da Igreja do “Instituto de Teologia Bento XVI” da Diocese de Lorena e da Canção Nova. Cavaleiro da Ordem de São Gregório Magno, título concedido pelo Papa Bento XVI, em 06/02/2012. Foi casado durante 40 anos e é pai de cinco filhos. Na TV Canção Nova, apresenta o programa “Escola da Fé” e “Pergunte e Responderemos”, na Rádio apresenta o programa “No Coração da Igreja”. Nos finais de semana prega encontros de aprofundamento em todo o Brasil e no exterior. Escreveu 73 livros de formação católica pelas editoras Cléofas, Loyola e Canção Nova.

Ainda o caso Galileu – EB (Parte 2)

Citamos aqui D. Estêvão Bettencourt (Ref. 6, pág. 270): “Para estabelecer a atual teoria planetária, milhares de sábios e estudiosos contribuíram; assim as hipóteses de Copernicus, as medidas científicas de Tycho, as observações de Galileu, as leis formuladas por Kepler… Ainda durante cerca de cem anos depois de Galileu os argumentos antigos em favor do … Continue Lendo

A Relação de Cristo e a Igreja

“A Igreja – explicou o Papa – foi constituída sobre o fundamento dos apóstolos, como comunidade de fé, de esperança e caridade (…) e começou a construir-se quando alguns pescadores da Galileia encontraram Jesus e se deixaram conquistar (…) pelo seu convite (…) Segui-me e vos farei pescadores de homens”. … Continue Lendo

Doutrina social cristã – EB (Parte 1)

Em síntese: A Igreja deseja que a Doutrina Social Cristã seja atentamente estudada pelos fiéis interessados na questão social. Em vista disto, pode-se recomendar o livro do Cardeal Joseph Höffner, Arcebispo de Colônia (Alemanha) intitulado “Doutrina Social Cristã” em seu tradução brasileira (Ed. Loyola). À guisa de espécimen do respectivo conteúdo, vai abaixo exposta a doutrina referente … Continue Lendo

História da Igreja: O papado e Luís IV

(1314-47) O capítulo anterior descreveu a transferência do Papado para Avinhão (França em 1309, sob Clemente V. A influência do rei da França tendia a dominar os Papas. Os primeiros decênios do Papado em Avinhão foram marcados por sério conflito com o rei Luís IV da Alemanha.43 João XXII e Luís IV A Clemente … Continue Lendo

História da Igreja: Clemente V – Avinhão e Viena

Morto Bonifácio VIII, foi logo eleito seu sucessor Bento XI, (1303-1304), que fora o Cardeal Nicolau Boccassini, Bispo de Óstia. Começou sua vida eclesiástica como frade dominicano, chegando a ser Mestre Geral da Ordem. Conservou-se sempre manso e pacífico e, embora fosse fiel a Bonifácio VIII julgou dever trilhar outras vias. Com efeito; recordando-se de … Continue Lendo

História da Igreja: O Papa Bonifácio VIII

Continuamos a história das relações do Papa com o poder civil do seu tempo. O século XIV foi de lutas político-religiosas, explicáveis pelo fato de que os Papas alimentavam o ideal da Cidade de Deus sob a hegemonia do Sacerdócio, desta vez, porém, sem contar com o ambiente mais ou menos favorável dos séculos … Continue Lendo

História da Igreja: Inocêncio III – O apogeu do poder temporal

Os antecedentes Deixamos a história do Papado em 1085, quando morreu Gregório VII. Após esta data, a Idade Média entra mais decididamente na sua fase ascendente, pois a Igreja está mais livre da ingerência do poder secular. Com efeito, os reis e nobres ainda tentaram entravar a reforma de costumes empreendida por Gregório VII … Continue Lendo

História da Igreja: Papado e Império de 891 a 1003

Observações prévias O Imperador Carlos Magno (800-814) embora cesaropapista, conseguiu realizar o que se chama “o Renascimento Carolíngio” ou um surto de cultura profana e religiosa importante naqueles tempos de baixo nível cultural. O monarca cercou-se de homens sábios, que com ele colaboraram para a expansão da fé, dos bons costumes e da instrução nos … Continue Lendo