Sobre Prof. Felipe Aquino

O Prof. Felipe Aquino é doutor em Engenharia Mecânica pela UNESP e mestre na mesma área pela UNIFEI. Foi diretor geral da FAENQUIL (atual EEL-USP) durante 20 anos e atualmente é Professor de História da Igreja do “Instituto de Teologia Bento XVI” da Diocese de Lorena e da Canção Nova. Cavaleiro da Ordem de São Gregório Magno, título concedido pelo Papa Bento XVI, em 06/02/2012. Foi casado durante 40 anos e é pai de cinco filhos. Na TV Canção Nova, apresenta o programa “Escola da Fé” e “Pergunte e Responderemos”, na Rádio apresenta o programa “No Coração da Igreja”. Nos finais de semana prega encontros de aprofundamento em todo o Brasil e no exterior. Escreveu 73 livros de formação católica pelas editoras Cléofas, Loyola e Canção Nova.

A Relação de Cristo e a Igreja

“A Igreja – explicou o Papa – foi constituída sobre o fundamento dos apóstolos, como comunidade de fé, de esperança e caridade (…) e começou a construir-se quando alguns pescadores da Galileia encontraram Jesus e se deixaram conquistar (…) pelo seu convite (…) Segui-me e vos farei pescadores de homens”. … Continue Lendo

Doutrina social cristã – EB (Parte 1)

Em síntese: A Igreja deseja que a Doutrina Social Cristã seja atentamente estudada pelos fiéis interessados na questão social. Em vista disto, pode-se recomendar o livro do Cardeal Joseph Höffner, Arcebispo de Colônia (Alemanha) intitulado “Doutrina Social Cristã” em seu tradução brasileira (Ed. Loyola). À guisa de espécimen do respectivo conteúdo, vai abaixo exposta a doutrina referente … Continue Lendo

História da Igreja: O papado e Luís IV

(1314-47) O capítulo anterior descreveu a transferência do Papado para Avinhão (França em 1309, sob Clemente V. A influência do rei da França tendia a dominar os Papas. Os primeiros decênios do Papado em Avinhão foram marcados por sério conflito com o rei Luís IV da Alemanha.43 João XXII e Luís IV A Clemente … Continue Lendo

História da Igreja: Clemente V – Avinhão e Viena

Morto Bonifácio VIII, foi logo eleito seu sucessor Bento XI, (1303-1304), que fora o Cardeal Nicolau Boccassini, Bispo de Óstia. Começou sua vida eclesiástica como frade dominicano, chegando a ser Mestre Geral da Ordem. Conservou-se sempre manso e pacífico e, embora fosse fiel a Bonifácio VIII julgou dever trilhar outras vias. Com efeito; recordando-se de … Continue Lendo

História da Igreja: O Papa Bonifácio VIII

Continuamos a história das relações do Papa com o poder civil do seu tempo. O século XIV foi de lutas político-religiosas, explicáveis pelo fato de que os Papas alimentavam o ideal da Cidade de Deus sob a hegemonia do Sacerdócio, desta vez, porém, sem contar com o ambiente mais ou menos favorável dos séculos … Continue Lendo

História da Igreja: Inocêncio III – O apogeu do poder temporal

Os antecedentes Deixamos a história do Papado em 1085, quando morreu Gregório VII. Após esta data, a Idade Média entra mais decididamente na sua fase ascendente, pois a Igreja está mais livre da ingerência do poder secular. Com efeito, os reis e nobres ainda tentaram entravar a reforma de costumes empreendida por Gregório VII … Continue Lendo

História da Igreja: Papado e Império de 891 a 1003

Observações prévias O Imperador Carlos Magno (800-814) embora cesaropapista, conseguiu realizar o que se chama “o Renascimento Carolíngio” ou um surto de cultura profana e religiosa importante naqueles tempos de baixo nível cultural. O monarca cercou-se de homens sábios, que com ele colaboraram para a expansão da fé, dos bons costumes e da instrução nos … Continue Lendo

História da Igreja: As controvérsias sobre a graça

Como dito, o Ocidente se interessou especialmente por questões teológicas atinentes ao homem e a sua salvação. Continuaremos os estudos do capítulo anterior, abordando neste as controvérsias sobre a graça, que muito mobilizaram o gênio de S. Agostinho (? 430). O Pelagianismo Pelágio nasceu na Bretanha (Inglaterra de hoje) por volta de 354. Fez-se … Continue Lendo

História da Igreja: Igreja e Império nos séculos IV/V

Continuaremos a percorrer a história das relações entre a Igreja e o Império Romano, desde 363 até o fim do século V. A história dos dogmas da fé que se desenvolveu contemporaneamente, ficará para os capítulos 8-13 até o fim do século IV. 1. Sucederam a Juliano, o Apóstata, os Imperadores Joviano (363-4), Valentiniano … Continue Lendo