Arquidiocese expressa solidariedade após assassinato de vereadora e motorista

Segundo o site ACI Digital (15/03/2018), a Arquidiocese do Rio de Janeiro emitiu uma nota de “solidariedade a todas as vítimas, seus familiares e amigos”, após o assassinato da vereadora Marielle Franco e seu motorista, Anderson Pedro Gomes, na noite de quarta-feira, 14 de março.

O crime aconteceu no bairro Estácio, na região central do Rio de Janeiro, por volta das 21h30, quando um caro emparelhou com o veículo em que estavam a vereadora, sua assessora e o motorista, e bandidos dispararam contra o automóvel.

Marielle Franco e o motorista Anderson Gomes foram baleados e morreram, enquanto a assessora da política foi atingida por estilhaços e levada para o Hospital Souza Aguiar.

Em nota publicada nesta quinta-feira, a Arquidiocese do Rio de Janeiro lamenta o “triste quadro de violência em nossa cidade”.

“Diante da morte de tantas pessoas, dentre as quais a Vereadora Marielle Franco e seu motorista, o Sr. Anderson Pedro Gomes, torna-se ainda mais urgente reafirmar o valor da vida, desde a concepção até a morte natural”, acrescenta.

Segundo a Arquidiocese, “a violência é um mal que se multiplica incessantemente, toma inúmeras formas, penetra nos mais diversos ambientes e faz um número cada vez maior de vítimas”.

Diante dessa realidade, sublinha que “cada vítima é um clamor aos céus e aos corações para que se unam todas as forças a fim de que se supere a violência e suas causas”.

“Cada vida ceifada – continua – faz recair sobre todos nós a responsabilidade pela efetiva busca de uma cultura de paz, concretizada no respeito à dignidade de todas as pessoas, em especial, as mais fragilizadas”.

A Arquidiocese exorta a não se deixar que, “junto aos corpos sepultados, se enterrem igualmente nossa esperança e nosso empenho pela construção de mundo sem violência, fome, desemprego, corrupção, preconceito e tantas outras mazelas”.

“Que as vítimas descansem em paz. Que seus familiares encontrem em Deus a paz tão necessária. E que todos nós sejamos instrumentos dessa paz”, conclui a nota.

Fonte: http://www.acidigital.com/noticias/arquidiocese-expressa-solidariedade-apos-assassinato-de-vereadora-e-motorista-19590/

Be Sociable, Share!

Sobre Prof. Felipe Aquino

O Prof. Felipe Aquino é doutor em Engenharia Mecânica pela UNESP e mestre na mesma área pela UNIFEI. Foi diretor geral da FAENQUIL (atual EEL-USP) durante 20 anos e atualmente é Professor de História da Igreja do “Instituto de Teologia Bento XVI” da Diocese de Lorena e da Canção Nova. Cavaleiro da Ordem de São Gregório Magno, título concedido pelo Papa Bento XVI, em 06/02/2012. Foi casado durante 40 anos e é pai de cinco filhos. Na TV Canção Nova, apresenta o programa “Escola da Fé” e “Pergunte e Responderemos”, na Rádio apresenta o programa “No Coração da Igreja”. Nos finais de semana prega encontros de aprofundamento em todo o Brasil e no exterior. Escreveu 73 livros de formação católica pelas editoras Cléofas, Loyola e Canção Nova.
Adicionar a favoritos link permanente.