Arquidiocese do Panamá acolhe relíquia de São José de Anchieta, o “apóstolo do Brasil”

Segundo o ACI (29/06/2018), a Arquidiocese do Panamá acolhe desde a semana passada uma relíquia de São José de Anchieta, sacerdote jesuíta conhecido como o “Apóstolo do Brasil”.

Em um comunicado divulgado em 19 de junho, a Arquidiocese do Panamá informou que o Arcebispo, Dom José Domingo Ulloa, disse na Missa de entronização da relíquia, celebrada na paróquia de São Francisco, que o santo era “um homem de aparência frágil, pequeno como um grão de mostarda, mas com um coração forte”.

Explicou que, devido aos seus problemas de saúde, optou em 1553 ser missionário no Brasil.

Dom Ulloa indicou que São José de Anchieta “lutou contra a presença dos franceses no Brasil, teve um papel chave na unidade brasileira em termos de territórios, foi um fiel companheiro dos índios, chegando inclusive a aprender e falar claramente a mensagem do Senhor na língua deles”.

Destacou que foi um homem “capaz de deixar-se guiar pelos outros” e “nos convida a que, ao chegar a um lugar, sejamos capazes de observar os costumes, a natureza, descobrir o valor de muitas coisas”.

“Entre as diversas coisas que realizou, é considerado também o pai fundador de duas grandes cidades do Brasil, São Paulo e Rio de Janeiro, apenas para contar algumas pequenas sementes que São José de Anchieta, realizou em sua época”, acrescentou.

Portanto, encorajou os fiéis a pedirem a Deus “uma graça especial a fim de que nunca deixemos de nos surpreender e isso é o que também significa a entronização da relíquia do sacerdote jesuíta São José de Anchieta”.

“Esta relíquia pretende despertar em nós o desejo de continuar semeando nesta Igreja e neste país boas sementes, para que surjam não só bons cristãos, mas bons cidadãos”, afirmou.

Fonte: https://www.acidigital.com/noticias/arquidiocese-do-panama-acolhe-reliquia-de-sao-jose-de-anchieta-o-apostolo-do-brasil-48037

Be Sociable, Share!

Sobre Prof. Felipe Aquino

O Prof. Felipe Aquino é doutor em Engenharia Mecânica pela UNESP e mestre na mesma área pela UNIFEI. Foi diretor geral da FAENQUIL (atual EEL-USP) durante 20 anos e atualmente é Professor de História da Igreja do “Instituto de Teologia Bento XVI” da Diocese de Lorena e da Canção Nova. Cavaleiro da Ordem de São Gregório Magno, título concedido pelo Papa Bento XVI, em 06/02/2012. Foi casado durante 40 anos e é pai de cinco filhos. Na TV Canção Nova, apresenta o programa “Escola da Fé” e “Pergunte e Responderemos”, na Rádio apresenta o programa “No Coração da Igreja”. Nos finais de semana prega encontros de aprofundamento em todo o Brasil e no exterior. Escreveu 73 livros de formação católica pelas editoras Cléofas, Loyola e Canção Nova.
Adicionar a favoritos link permanente.