Arquidiocese de São Paulo apresenta orientações para a celebração da Semana Santa

“Organizemo-nos para a celebração de toda a Semana Santa sem a participação de povo nas celebrações em nossas igrejas, inclusive durante o Tríduo Pascal”, orientou o Cardeal Odilo.

Segundo o site Gaudium Press (24/03/2021), o Cardeal Arcebispo de São Paulo, Dom Odilo Pedro Scherer, enviou uma carta aos Bispos auxiliares, membros do clero, religiosos e aos leigos da Arquidiocese. No documento, o purpurado comunica que as celebrações da Semana Santa serão realizadas sem a participação presencial dos fiéis.

Celebrações da Semana Santa sem a participação de fiéis

“Lamentamos que nossas igrejas e oratórios, embora abertas para a oração pessoal, estejam sem celebrações com os fiéis, mais ainda neste período final da Quaresma e às portas das celebrações da Semana Santa e Páscoa”, diz trecho da carta.

Diante do atual momento da pandemia de Covid-19, o purpurado recomenda que sejam seguidas as orientações já oferecidas pela Arquidiocese de São Paulo no dia 12 de março deste ano. “Desde já, organizemo-nos para a celebração de toda a Semana Santa sem a participação de povo nas celebrações em nossas igrejas, inclusive durante o Tríduo Pascal”, orientou.

Transmissão das celebrações pela internet

Dom Odilo ressaltou ainda que “não é hora de ‘desativar’ a vida da Igreja, nem de abandonar o povo nas suas angústias, quando ele mais precisa de ajuda e consolo. As celebrações da Semana Santa podem ser realizadas, com um número mínimo de ajudantes, e transmitidas pelas mídias”.

Por fim, o Arcebispo de São Paulo pede que se mantenha “o contato com o povo das comunidades pelos meios virtuais disponíveis” e que se sigam as orientações preparadas pela Comissão Arquidiocesana de Liturgia. (EPC)

Fonte: https://gaudiumpress.org/content/arquidiocese-de-sao-paulo-apresenta-orientacoes-para-a-celebracao-da-semana-santa/

Be Sociable, Share!

Sobre Prof. Felipe Aquino

O Prof. Felipe Aquino é doutor em Engenharia Mecânica pela UNESP e mestre na mesma área pela UNIFEI. Foi diretor geral da FAENQUIL (atual EEL-USP) durante 20 anos e atualmente é Professor de História da Igreja do “Instituto de Teologia Bento XVI” da Diocese de Lorena e da Canção Nova. Cavaleiro da Ordem de São Gregório Magno, título concedido pelo Papa Bento XVI, em 06/02/2012. Foi casado durante 40 anos e é pai de cinco filhos. Na TV Canção Nova, apresenta o programa “Escola da Fé” e “Pergunte e Responderemos”, na Rádio apresenta o programa “No Coração da Igreja”. Nos finais de semana prega encontros de aprofundamento em todo o Brasil e no exterior. Escreveu 73 livros de formação católica pelas editoras Cléofas, Loyola e Canção Nova.
Adicionar a favoritos link permanente.