8 sinais de esperança para o movimento pró-vida em 2021

Imagem referencial. Crédito: Unsplash / Maria Oswalt.

De acordo com o site ACI, o movimento pró-vida sempre foi caracterizado por uma profunda esperança ao longo de toda a sua existência. Em meio a um ano no qual o governo Biden-Harris busca introduzir uma agenda de governo que inclua abortos extremos nos Estados Unidos, apresentamos oito sinais favoráveis ​​que podem ajudar a renovar a esperança no avanço da causa pró-vida em 2021.

1. A Marcha pela Vida continua!

A 48ª Marcha pela Vida nos Estados Unidos será realizada em 29 de janeiro, em Washington, DC. Embora a maioria dos eventos tenha sido cancelada no ano passado devido à pandemia de COVID-19, os organizadores garantiram aos pró-vida que a marcha vai continuar, este ano de forma virtual.

O tema da Marcha é “Together Strong: Life Unite” (Unidos somos fortes: A vida nos une). Entre os palestrantes estão Tim Tebow, Benjamin Watson e o Arcebispo de Kansas City, Dom Joseph F. Naumann, personalidades que certamente farão com que o movimento pró-vida se energize e tome um novo impulso.

2. Há um recorde histórico de mulheres pró-vida na Câmara dos Representantes

Em 2020, 18 novas mulheres pró-vida foram eleitas para a Câmara dos Representantes dos Estados Unidos. Destas, 10 substituíram representantes que eram a favor do aborto.

Para colocar isso em perspectiva: um número recorde de 29 mulheres pró-vida servirão na Câmara dos Representantes dos Estados Unidos no novo Congresso, mais do que o dobro do recorde anterior.

3. 2021 é o ano de São José, padroeiro dos pais e das famílias

O Papa Francisco anunciou um Ano de São José em honra ao 150º aniversário da proclamação do santo como padroeiro da Igreja universal. Este período vai durar de 8 de dezembro de 2020 a 8 de dezembro de 2021.

É reconfortante saber que o pai terreno de Jesus e esposo de nossa Santa Mãe terá seu forte controle no ano de 2021. São José, embora calado em suas palavras, foi um homem de grande ação e proteção nas Sagradas Escrituras. Podemos confiar em que ajudará a proteger vidas vulneráveis ​​em nosso mundo atual.

É quando se pensa na grande variedade de títulos de São José que se vê com clareza todas as formas nas quais intercede: Padroeiro dos pais, orienta todos os pais a amar e proteger seus filhos. Pai adotivo de Jesus, ajuda as famílias a ver a beleza de receber ou adotar a vida em suas casas. Terror dos demônios, expulsa todos os demônios da indústria do aborto.

4. A Suprema Corte está preparada para proteger a vida

Com Amy Coney Barrett como juíza recém-confirmada, a Suprema Corte está em uma posição como nunca antes para socavar Roe vs. Wade, o caso com o qual a Suprema Corte abriu as portas ao aborto nos Estados Unidos em 1973.

O advogado principal e vice-presidente do Center for Life with Alliance Defending Freedom, Kevin Theriot, disse a Catherine Hadro em EWTN Pro-Life Weekly que “é possível revogar a decisão sobre o aborto de 1973 agora, ‘mas a Suprema Corte provavelmente o fará em uma série de casos que gradualmente comecem a socavar Roe para assim minimizar o seu alcance”.

5. Os centros de cuidados à gravidez permanecem fortes

De acordo com o relatório de outubro de 2020 do Instituto Charlotte Lozier intitulado “Os centros de gravidez resistem às provações do tempo”, em 2019, 2.700 centros de gravidez pró-vida em todo o país atenderam quase dois milhões de pessoas com um valor estimado de quase 270 milhões de dólares.

Os centros de gravidez estão na linha de frente do movimento pró-vida no atendimento às mulheres mais necessitadas. Esses mesmos centros continuarão servindo mães e bebês neste novo ano, testemunhando a missão de verdadeira compaixão, cuidado e empoderamento do movimento pró-vida.

6. A estratégia pró-vida continua triunfando em nível estatal

O relatório “Life List 2021” de Americans United for Life (AUL) que foi publicado recentemente, evidencia que a nível estatal as leis pró-vida continuam estando muito vivas e prosperando.

AUL nomeou Arkansas como o estado mais pró-vida do país, porque aprovou 10 leis pró-vida em 2019. Após a sentença da Suprema Corte de Serviços Médicos de junho de 2020, permitiu-se que estas leis entrem em vigor.

Existem muitos outros exemplos de sucesso da estratégia pró-vida em nível estadual. Entre eles está o governador da Flórida Ron DeSantis, que assinou um projeto de lei pró-vida no verão de 2020 que exige que as menores recebam o consentimento dos pais antes de fazer um aborto. Os defensores da vida esperam que essa tendência em todo o estado continue em 2021.

7. Há uma consciência crescente da reversão da pílula abortiva

Os abortos químicos, também conhecidos como abortos medicamentosos ou pílulas abortivas, é um método que ocorre quando uma mulher toma dois comprimidos para acabar com a vida de seu bebê. Esse método trágico está aumentando, à medida que a indústria do aborto o promove agressivamente.

Pode parecer um motivo de desespero, mas é aqui que há esperança: as pílulas abortivas podem ser revertidas. Se a mãe não tomou a segunda pílula abortiva, existe uma maneira de salvar a vida do bebê que requer o uso de progesterona para reverter os efeitos da primeira pílula abortiva.

Um número crescente de mulheres está realizando essa técnica milagrosa e inovadora para salvar vidas. Pesquise e compartilhe essas informações para que mais crianças sejam salvas.

8. A pandemia de COVID-19 fez mais pessoas apreciarem a vida

As mais de 300 mil pessoas que morreram apenas nos Estados Unidos devido à COVID-19 lembram nossa mortalidade e a preciosidade da vida humana.

Os indivíduos e a sociedade como um todo fizeram sacrifícios e mudanças de comportamento sem precedentes ao longo de 2020 para proteger nossos cidadãos mais vulneráveis, especialmente durante o pico da pandemia do coronavírus.

Como nossa conversa global se concentra em proteger a vida, este ano mais pessoas devem entender a mensagem pró-vida subjacente: toda e qualquer vida humana tem dignidade e vale a pena protegê-las.

Publicado originalmente em ACI Prensa. Traduzido e adaptado por Nathália Queiroz.

Fonte: http://www.acidigital.com/noticias/8-sinais-de-esperanca-para-o-movimento-pro-vida-em-2021-15107

Be Sociable, Share!

Sobre Prof. Felipe Aquino

O Prof. Felipe Aquino é doutor em Engenharia Mecânica pela UNESP e mestre na mesma área pela UNIFEI. Foi diretor geral da FAENQUIL (atual EEL-USP) durante 20 anos e atualmente é Professor de História da Igreja do “Instituto de Teologia Bento XVI” da Diocese de Lorena e da Canção Nova. Cavaleiro da Ordem de São Gregório Magno, título concedido pelo Papa Bento XVI, em 06/02/2012. Foi casado durante 40 anos e é pai de cinco filhos. Na TV Canção Nova, apresenta o programa “Escola da Fé” e “Pergunte e Responderemos”, na Rádio apresenta o programa “No Coração da Igreja”. Nos finais de semana prega encontros de aprofundamento em todo o Brasil e no exterior. Escreveu 73 livros de formação católica pelas editoras Cléofas, Loyola e Canção Nova.
Adicionar a favoritos link permanente.