300 anos de Aparecida: Jubileu registra aumento no número de fiéis no Santuário

Segundo o ACI Digital (29/10/2017), por ocasião do Ano Jubilar Mariano em comemoração aos 300 anos do encontro da imagem de Nossa Senhora Aparecida no Rio Paraíba do Sul, o Santuário Nacional registrou um aumento no número de fiéis que o visitaram entre 12 de outubro de 2016 e a mesma data deste ano: foram 12.834.019 peregrinos.

Os dados foram divulgados pelo Santuário Nacional de Aparecida e o reitor, Padre João Batista de Almeida, analisou que este “foi um tempo de muito envolvimento eclesial”.

“Este projeto abraçou e foi abraçado pelo Brasil”, afirmou o reitor lembrando que houve expressões da classe artística, bem como homenagens por parte de poderes executivo e legislativo e a adesão das diversas circuncisões eclesiásticas, tendo a imagem jubilar percorrido 250 delas em todo o Brasil.

Porém, ressaltou que “o que se destaca” em meio a tudo isso “é a participação dos devotos, que neste tempo especial não mediram esforços para estar aqui ou acompanhar a movimentação pelos meios de comunicação”.

De acordo com o Santuário Nacional, neste Ano Jubilar foram intensificadas as romarias promovidas por movimentos, dioceses e arquidioceses ao Santuário Nacional, com destaque para as peregrinações a pé.

Dados da concessionária que administra a Via Dutra, uma das principais rotas de acesso à Aparecida, revelam que de 1º de setembro a 15 de outubro quase 20 mil romeiros caminharam até a Basílica Nacional, o que corresponde a um aumento de 114% em comparação com o mesmo período de 2016.

O impacto do crescimento do número de fiéis também foi observado com relação aos sacramentos.

O levantamento do Santuário mostra que entre outubro de 2016 e setembro de 2017, foram 788 celebrações de Batismo na Capela do Sacramento, tendo sido batizados 3.022 crianças e 81 adultos.

Neste mesmo período, 315.190 peregrinos buscaram o sacramento da Reconciliação por meio da confissão. Devido à alta demanda, desde dezembro de 2015 os confessionários atuam em escala de plantão, não fechando para almoço aos finais de semana.

Além disso, durante as Missas, que foram celebradas ao menos seis vezes por dia, foram distribuídas 4.074.500 comunhões.

Especificamente no período da festa da Padroeira, de 1º a 12 de outubro deste ano, mais de 631 mil fiéis visitaram o maior santuário mariano do mundo. Deste total, 177 mil pessoas estiveram em Aparecida no dia 12 de outubro, 37 mil a mais do que o registrado no ano passado.

O envolvimento dos fiéis com a Festa da Padroeira também foi sentido através dos meios de comunicação do Santuário. Durante o novenário, foi registrado mais de 3,6 milhões de visualizações no portal A12.com. Deste número, 670 mil aconteceram no dia dedicado a Nossa Senhora, o que representa um crescimento de 110% em relação a 2016.

Por sua vez, a TV Aparecida ficou em 4º lugar nos dias 11 e 12 de outubro, durante a coroação jubilar e a Missa Solene. No período, os acessos ao streaming virtual da TV alcançaram mais de 1 milhão de pessoas. Por meio da rede social, a emissora atingiu mais de 8 milhões de pessoas durante a Novena e Festa.

A grande participação dos fiéis se refletiu em uma ampla ação solidária, uma vez que foram arrecadados mais de 17 toneladas de alimentos, que foram repassados a 42 entidades das cidades de Roseira (SP), Potim (SP), Aparecida (SP), Lagoinha (SP), Guaratinguetá (SP) e Cunha (SP).

Entretanto, o incentivo e promoção da devoção à Virgem Aparecida não param por aí. A partir de 2018, o Santuário Nacional vai celebrar no dia 12 de cada mês o dia nacional mariano, que pretende recordar aos católicos a importância e a força da devoção a Nossa Senhora, bem como explicar aos fiéis o lugar da Mãe de Jesus na história da salvação.

Além disso, atividades formativas para os fiéis estão sendo pensadas ao decorrer do ano, sobretudo aos fins de semana, quando a afluência dos peregrinos é maior.

Fonte: http://www.acidigital.com/noticias/300-anos-de-aparecida-jubileu-registra-aumento-no-numero-de-fieis-no-santuario-38613/

Be Sociable, Share!

Sobre Prof. Felipe Aquino

O Prof. Felipe Aquino é doutor em Engenharia Mecânica pela UNESP e mestre na mesma área pela UNIFEI. Foi diretor geral da FAENQUIL (atual EEL-USP) durante 20 anos e atualmente é Professor de História da Igreja do “Instituto de Teologia Bento XVI” da Diocese de Lorena e da Canção Nova. Cavaleiro da Ordem de São Gregório Magno, título concedido pelo Papa Bento XVI, em 06/02/2012. Foi casado durante 40 anos e é pai de cinco filhos. Na TV Canção Nova, apresenta o programa “Escola da Fé” e “Pergunte e Responderemos”, na Rádio apresenta o programa “No Coração da Igreja”. Nos finais de semana prega encontros de aprofundamento em todo o Brasil e no exterior. Escreveu 73 livros de formação católica pelas editoras Cléofas, Loyola e Canção Nova.
Adicionar a favoritos link permanente.