Vaticano reafirma seu compromisso de investigar o ex-núncio na República Dominicana acusado de abusos

ppjosephwesoloswki040913BO site ACI informou nesta terça-feira (10/09/13) que o Pe. Federico Lombardi, diretor da Sala de Imprensa da Santa Sé, reafirmou o compromisso do Vaticano para prosseguir com as investigações no caso do ex-núncio na Rep. Dominicana, o Arcebispo Joseph Wesolowski.

O sacerdote fez estas declarações logo depois da difusão no fim de semana de uma reportagem onde um adolescente narrou uma série de detalhes dos abusos que ele e outro menino sofreram por parte do Arcebispo Wesolowski.

Em declarações hoje ao grupo ACI sobre o revelado na reportagem transmitida no sábado e também ontem nos meios locais da República Dominicana, o Padre Lombardi explicou hoje que “a Santa Sé já entrou em contato com o Núncio (Wesolowski) que foi afastado de seu cargo e atualmente as investigações seguem seu curso. Não tenho mais nada para dizer”.

O ex-núncio foi destituído de seu cargo no último dia 21 de agosto, depois das acusações que pesavam sobre ele e que levaram o Vaticano e a procuradoria da República Dominicana a iniciarem uma investigação sobre o caso.

Em 4 de setembro o procurador Francisco Domínguez disse que a investigação está em sua etapa inicial e que designou um funcionário para acompanhar a investigação fazendo as coordenações necessárias com o Vaticano.

Em 5 de setembro os bispos dominicanos convocaram uma conferência de imprensa em que expressaram seu total respaldo às investigações que as autoridades locais estão realizando sobre este caso.

Nesse dia também pediram perdão pelo caso do ex-núncio e de outros sacerdotes. Em um texto assinado pelo Arcebispo de Santo Domingo e Presidente do Episcopado Dominicano, Cardeal Nicolás de Jesus López Rodríguez, alentaram a “purificar a Igreja, tirando do ministério aqueles que o exercem indignamente e não merecem ser chamados sacerdotes”.

Esta purificação, indica o texto, deve dar-se com “a colaboração dos autênticos sacerdotes, que são a maioria, e da comunidade eclesial”.

O Cardeal solicitou também à justiça dominicana atuar com “firmeza” e “claridade” ao investigar as denúncias.

Fonte: http://www.acidigital.com/noticia.php?id=26019

Compartilhe!

    Sobre Prof. Felipe Aquino

    O Prof. Felipe Aquino é doutor em Engenharia Mecânica pela UNESP e mestre na mesma área pela UNIFEI. Foi diretor geral da FAENQUIL (atual EEL-USP) durante 20 anos e atualmente é Professor de História da Igreja do “Instituto de Teologia Bento XVI” da Diocese de Lorena e da Canção Nova. Cavaleiro da Ordem de São Gregório Magno, título concedido pelo Papa Bento XVI, em 06/02/2012. Foi casado durante 40 anos e é pai de cinco filhos. Na TV Canção Nova, apresenta o programa “Escola da Fé” e “Pergunte e Responderemos”, na Rádio apresenta o programa “No Coração da Igreja”. Nos finais de semana prega encontros de aprofundamento em todo o Brasil e no exterior. Escreveu 73 livros de formação católica pelas editoras Cléofas, Loyola e Canção Nova.
    Adicionar a favoritos link permanente.