Vaticano: IOR publica balanço em seu site

uipi-vaticanoO site Zenit.org informou nesta terça-feira (15/07/14) que o Instituto para as Obras de Religião (IOR) publicou seu balanço de 2013. O documento, que pode ser consultado no site do IOR, está disponível apenas em inglês, mas a versão em italiano será publicada até o dia 30 deste mês.

A Deloitte & Touche SpA, auditora independente, apresentou em 4 de julho o seu parecer sobre as contas da Santa Sé.

Em 8 de julho, as cifras principais foram publicadas pelo IOR por meio de um comunicado. Em entrevista coletiva, a instituição também anunciou o fim da Fase I da sua reestruturação e o lançamento da Fase II.

Foram divulgados dados “positivos para a primeira metade de 2014, com bons resultados econômicos”, mas o informe também admite que, nos números de 2013, “pesam os custos necessários para completar a Fase I e os relacionados com investimentos que são herança da gestão anterior”.

O presidente do Conselho de Intendência do IOR, Ernst von Freyberg, prestes a encerrar o seu mandato, declarou que, “conforme decidido em maio de 2013, nós nos concentramos no objetivo de adequar o IOR à regulamentação financeira e torná-lo mais seguro e transparente, para que o Santo Padre possa ter mais opções no momento de decidir sobre o futuro do Instituto”.

Freyberg, pertencente à Ordem de Malta, concentrou a Fase I da reforma em três pontos: adequação aos padrões internacionais, esclarecimento sobre os clientes e transparência, como ele próprio recapitulou na entrevista coletiva.

Na mesma entrevista, anunciou-se que, para a Fase II, “que pretende integrar o IOR ao novo contexto econômico administrativo do Vaticano”, a diretoria do instituto seria confiada a um novo conselho e a uma nova equipe dirigente, que “trabalharão numa estrutura de gestão renovada”.

No dia seguinte, foi anunciado o novo Conselho de Administração do Instituto para as Obras de Religião, presidido pelo francês Jean-Baptiste de Franssu, responsável por dar início à Fase II.

Na conferência de imprensa encontravam-se também o cardeal australiano George Pell, prefeito da Secretaria de Economia do Vaticano, o consultor maltês Joseph Zara, o ex-diretor Von Freyberg, o novo diretor De Franssu e o porta-voz vaticano pe. Federico Lombardi.

Franssu já está trabalhando no Vaticano há um ano. Ele foi membro da comissão vaticana que estudou os problemas econômicos e administrativos da Santa Sé e atualmente é membro do Conselho de Economia do Vaticano.

O IOR tem sede no território do Estado da Cidade do Vaticano e está sujeito à supervisão e à regulamentação da Autoridade de Informação Financeira, o organismo de vigilância financeira da Santa Sé.

Fonte:http://www.zenit.org/pt/articles/vaticano-ior-publica-balanco-em-seu-site

Compartilhe!

    Sobre Prof. Felipe Aquino

    O Prof. Felipe Aquino é doutor em Engenharia Mecânica pela UNESP e mestre na mesma área pela UNIFEI. Foi diretor geral da FAENQUIL (atual EEL-USP) durante 20 anos e atualmente é Professor de História da Igreja do “Instituto de Teologia Bento XVI” da Diocese de Lorena e da Canção Nova. Cavaleiro da Ordem de São Gregório Magno, título concedido pelo Papa Bento XVI, em 06/02/2012. Foi casado durante 40 anos e é pai de cinco filhos. Na TV Canção Nova, apresenta o programa “Escola da Fé” e “Pergunte e Responderemos”, na Rádio apresenta o programa “No Coração da Igreja”. Nos finais de semana prega encontros de aprofundamento em todo o Brasil e no exterior. Escreveu 73 livros de formação católica pelas editoras Cléofas, Loyola e Canção Nova.
    Adicionar a favoritos link permanente.