Vaticano finaliza processo de beatificação de fundador dos Oblatos de São Francisco

Cidade do Vaticano, terça-feira, 25 de setembro de 2012 (Gaudium Press) – O Vaticano encerrou na última semana o processo de beatificação do Padre Luis Brisson, francês, fundador da Congregação dos Oblatos de São Francisco. A cerimônia de beatificação foi realizada pelo Cardeal Angelo Amato, Prefeito da Congregação para as Causas dos Santos, por encargo do Papa Bento XVI.


Beato Padre Brisson

O agora Beato, Padre Brisson, teve o milagre da cura de uma criança de oito anos atribuído à sua intercessão. A criança equatoriana foi vitima de um acidente com um trator o que lhe rendeu danos a seu pé.

Os médicos diagnosticaram que ela não mais voltaria a andar, porém, após rezar uma novena pedindo a intercessão do padre francês, o jovem foi curado sem fisioterapia e sem usar nenhum instrumento ortopédico. Atualmente o jovem trabalha na aeronáutica Americana e vive bem.

A beatificação representa a penúltima instância para uma futura canonização, que teve seu processo iniciado em 1938, em Troyes (França), e foi apresentada em Roma no ano de 1964.

O decreto sobre a validação do processo foi publicado em 6 de outubro de 1995, quando ele foi proclamado Servo de Deus. Quatro anos mais tarde, o fundador dos Oblatos recebeu o título de Venerável pela prática heroica das virtudes.

Beato Brisson

Nascido em 1817 na cidade francesa Plancy, o Beato ordenou-se sacerdote aos 23 anos e aos 63 fundou a Congregação dos Oblatos de São Francisco, no ano de 1873. A missão primordial de sua congregação foi, desde o início, anunciar o Evangelho segundo os moldes de São Francisco de Sales, um santo que também viveu na França entre os anos de 1567-1622 e fundou, junto com Santa Juana de Chantal, a Ordem da Visitação de Santa Maria, uma comunidade contemplative feminina.

Segundo explicam os Oblatos em seu site na internet, o padre Brisson desejou que sua congregação tivesse um forte espirito missionário, de tal forma que, com poucos anos de fundada, ela já havia se estendido por grande parte da Europa e outros continents. Em 1882 os Oblatos chegaram ao Brasil e ao Sul da África, em 1887 ao Equador e em 1896 ao Uruguai. (EA)

Com informações da ACI

Fonte: http://www.gaudiumpress.org/content/40574-Vaticano-finaliza-processo-de-beatificacao-de-fundador-dos-Oblatos-de-Sao-Francisco

Compartilhe!

    Sobre Prof. Felipe Aquino

    O Prof. Felipe Aquino é doutor em Engenharia Mecânica pela UNESP e mestre na mesma área pela UNIFEI. Foi diretor geral da FAENQUIL (atual EEL-USP) durante 20 anos e atualmente é Professor de História da Igreja do “Instituto de Teologia Bento XVI” da Diocese de Lorena e da Canção Nova. Cavaleiro da Ordem de São Gregório Magno, título concedido pelo Papa Bento XVI, em 06/02/2012. Foi casado durante 40 anos e é pai de cinco filhos. Na TV Canção Nova, apresenta o programa “Escola da Fé” e “Pergunte e Responderemos”, na Rádio apresenta o programa “No Coração da Igreja”. Nos finais de semana prega encontros de aprofundamento em todo o Brasil e no exterior. Escreveu 73 livros de formação católica pelas editoras Cléofas, Loyola e Canção Nova.
    Adicionar a favoritos link permanente.