Vândalos escrevem frases blasfemas em mosteiro católico em Israel

DeirRafat_AutorPatriarcadoLatinoDeJerusalenSegundo o site ACI/EWTN Noticias, na terça-feira 1º de abril, dois vândalos desconhecidos escreveram frases blasfemas nos muros do mosteiro católico de Deir Rafat, perto da cidade de Beit Shemesh, no centro de Israel.

As religiosas do mosteiro, pertencente à Família monástica de Belém, da Assunção da Virgem Maria e de São Bruno, confirmaram à agência vaticana Fides que entre as frases escritas em hebraico, algumas expressam “blasfêmias contra Jesus e a Virgem Maria”. Outras pedem “vingança” e acusam de “nazismo” a Alemanha e os Estados Unidos. Inclusive alguns carros estacionados na zona foram objeto do vandalismo e tiveram os pneus furados.

O vandalismo sofrido pelo mosteiro de Deir Rafat é o último episódio de uma série de atos de intimidação cometidos contra mosteiros cristãos desde fevereiro de 2012. Em várias ocasiões, assinando com as palavras “o preço a ser pago”, grupos extremistas próximos ao movimento dos colonos efetuaram ataques contra lugares de culto- Igrejas e mesquitas- frequentados pela população árabe.

Já antes destes últimos ataques, Dom William Shomali, Vigário do Patriarcado de Jerusalém dos Latinos, expressou a urgente necessidade de combater estas formas de intimidação não apenas com investigações e medidas policiais, mas também “com a promoção de uma melhor educação nas escolas”, afirmando sua convicção de que “se trata de um processo a longo prazo” e que “será preciso muita paciência”.

Fonte: http://www.acidigital.com/noticias/vandalos-escrevem-frases-blasfemas-em-mosteiro-catolico-em-israel-15482/

Compartilhe!

    Sobre Prof. Felipe Aquino

    O Prof. Felipe Aquino é doutor em Engenharia Mecânica pela UNESP e mestre na mesma área pela UNIFEI. Foi diretor geral da FAENQUIL (atual EEL-USP) durante 20 anos e atualmente é Professor de História da Igreja do “Instituto de Teologia Bento XVI” da Diocese de Lorena e da Canção Nova. Cavaleiro da Ordem de São Gregório Magno, título concedido pelo Papa Bento XVI, em 06/02/2012. Foi casado durante 40 anos e é pai de cinco filhos. Na TV Canção Nova, apresenta o programa “Escola da Fé” e “Pergunte e Responderemos”, na Rádio apresenta o programa “No Coração da Igreja”. Nos finais de semana prega encontros de aprofundamento em todo o Brasil e no exterior. Escreveu 73 livros de formação católica pelas editoras Cléofas, Loyola e Canção Nova.
    Adicionar a favoritos link permanente.