Urge dizer sim ao bem e não ao mal, diz o Papa em visita às fossas onde ocorreu um massacre nazista

11:44 am | VATICANO, 2011-03-28 (ACI/EWTN Noticias) .- Em sua visita na manhã de ontem às Fossas Adreatinas em Roma onde estão sepultadas 335 pessoas massacradas pelos nazistas em 24 de março de 1944, o Papa Bento XVI assinalou que urge dizer sim ao bem e não ao mal para viver como filhos de Deus.

Conforme informa a Rádio Vaticano, em sua visita depois do convite da “Associação Nacional das Famílias Italianas dos Mártires caídos pela liberdade da Pátria”, o Papa citou umas palavras escritas em uma parede de uma cela de tortura escritas por um desconhecido: “Acredito em Deus e na Itália, acredito na ressurreição dos mártires e dos heróis, acredito no renascer da pátria e na liberdade do povo”.

Esta entrevista, disse, “demonstra que o espírito humano fica livre até nas condições mais duras” e “afirma a primazia da fé, como manancial de confiança e esperança para esta nação e seu futuro”.

Compartilhe!

    Sobre Prof. Felipe Aquino

    O Prof. Felipe Aquino é doutor em Engenharia Mecânica pela UNESP e mestre na mesma área pela UNIFEI. Foi diretor geral da FAENQUIL (atual EEL-USP) durante 20 anos e atualmente é Professor de História da Igreja do “Instituto de Teologia Bento XVI” da Diocese de Lorena e da Canção Nova. Cavaleiro da Ordem de São Gregório Magno, título concedido pelo Papa Bento XVI, em 06/02/2012. Foi casado durante 40 anos e é pai de cinco filhos. Na TV Canção Nova, apresenta o programa “Escola da Fé” e “Pergunte e Responderemos”, na Rádio apresenta o programa “No Coração da Igreja”. Nos finais de semana prega encontros de aprofundamento em todo o Brasil e no exterior. Escreveu 73 livros de formação católica pelas editoras Cléofas, Loyola e Canção Nova.
    Adicionar a favoritos link permanente.