Tudo tem seu tempo!

relogio-nas-floresA Divina Providência nos prepara de tal forma os dias e horas e acontecimentos de nossa vida, que tudo vem a seu tempo, já marcado nos desígnios eternos. E estejamos bem certos disso – para nosso bem ou em mira do nosso bem eterno.

Se soubermos aproveitar as ocasiões, se não abusarmos de nossa liberdade, podemos ganhar, a cada instante, ricos tesouros de graças e méritos para o Céu.

Leia também: “Enquanto Temos Tempo…”

Como devemos invocar a Deus no tempo da tribulação?

Deus nos santifica pelo sofrimento

Confiar na Vossa Providência

A importância do tempo

A doença, como a saúde, vem a seu tempo. Há tempo de gozar e tempo de sofrer, tempo de rir e tempo de chorar. Veio à doença? Resignemo-nos. Agora, Nosso Senhor me quer sofrendo com Ele na cruz. Quisera trabalhar, realizar tantos projetos para a glória de Deus e o bem das almas! Por que me crucifica Deus em um leito, justamente agora, quando ia realizar meus projetos? – Assim dizem muitos, desolados. E se queixam e quase blasfemam da Divina Providência! Que insensatez! Deus não precisa de nós! Qualquer instrumento Lhe serve para realizar os seus desígnios e salvar as almas. Não sejamos tão presunçosos. Resignemo-nos.o_breviario_confianca

Assista também: Um tempo para cada coisa – Ecl 3

Quando Deus nos convida ao sofrimento, dispensa-nos da ação – diz São Francisco de Sales. – Por isso – acrescenta o Santo – uma hora de sofrimento por amor e submissão à Vontade de Deus vale mais do que muitos dias de trabalhos, feitos com menos amor. Tudo tem seu tempo! Agora é tempo de sofrer? Aceito, Jesus! Seja o que Vós quiserdes!

Trecho retirado do livro: O Breviário da Confiança

Compartilhe!

    Sobre Prof. Felipe Aquino

    O Prof. Felipe Aquino é doutor em Engenharia Mecânica pela UNESP e mestre na mesma área pela UNIFEI. Foi diretor geral da FAENQUIL (atual EEL-USP) durante 20 anos e atualmente é Professor de História da Igreja do “Instituto de Teologia Bento XVI” da Diocese de Lorena e da Canção Nova. Cavaleiro da Ordem de São Gregório Magno, título concedido pelo Papa Bento XVI, em 06/02/2012. Foi casado durante 40 anos e é pai de cinco filhos. Na TV Canção Nova, apresenta o programa “Escola da Fé” e “Pergunte e Responderemos”, na Rádio apresenta o programa “No Coração da Igreja”. Nos finais de semana prega encontros de aprofundamento em todo o Brasil e no exterior. Escreveu 73 livros de formação católica pelas editoras Cléofas, Loyola e Canção Nova.
    Adicionar a favoritos link permanente.