Tratamento básico ao HIV pode reduzir 95% dos casos em crianças

Genebra (RV) – O Programa Conjunto sobre HIV/Aids, Unaids, anunciou que quase 400 mil crianças nasceram com o vírus em 2010. A agência afirma que o acesso ao tratamento básico poderia reduzir esse número em mais de 95%.

A Assembleia Mundial da Saúde está reunida durante toda essa semana em Genebra. Peritos e ministros dos 22 países com maior número de crianças soropositivas se encontraram, nesta quarta-feira, para discutir uma estratégia global contra a infecção infantil do vírus. De acordo com o Programa, desses 22 países com maior incidência de HIV em crianças, apenas um não faz parte da África Subsaariana.

O diretor executivo do Unaids, Michel Sidibé, disse que essa é uma “oportunidade histórica para que, até 2015, nasça uma geração livre do vírus”.

Em parceria com o Programa Americano contra Aids, Pepfar, a Unaids reuniu parceiros em uma iniciativa para acabar com infecções infantis do HIV até 2015, e também para garantir a saúde das mães soropositivas.

A presidente da Assembleia Mundial da Saúde, Therese N’Dri-Yoman, disse que mulheres soropositivas ainda sofrem estigma, e por isso não buscam tratamento médico. (Onu/ED)

Fonte: Radio Vaticano

Compartilhe!

    Sobre Prof. Felipe Aquino

    O Prof. Felipe Aquino é doutor em Engenharia Mecânica pela UNESP e mestre na mesma área pela UNIFEI. Foi diretor geral da FAENQUIL (atual EEL-USP) durante 20 anos e atualmente é Professor de História da Igreja do “Instituto de Teologia Bento XVI” da Diocese de Lorena e da Canção Nova. Cavaleiro da Ordem de São Gregório Magno, título concedido pelo Papa Bento XVI, em 06/02/2012. Foi casado durante 40 anos e é pai de cinco filhos. Na TV Canção Nova, apresenta o programa “Escola da Fé” e “Pergunte e Responderemos”, na Rádio apresenta o programa “No Coração da Igreja”. Nos finais de semana prega encontros de aprofundamento em todo o Brasil e no exterior. Escreveu 73 livros de formação católica pelas editoras Cléofas, Loyola e Canção Nova.
    Adicionar a favoritos link permanente.