Tornar a Páscoa atual na humanidade, pede cardeal

Dom José Policarpo envia mensagem de Páscoa em vídeo

LISBOA, terça-feira, 19 de abril de 2011 (ZENIT.org) – O cardeal-patriarca de Lisboa, Dom José Policarpo, deseja que os católicos tornem a Páscoa “atual na humanidade de hoje”. Segundo o prelado, isso é “uma coisa muito séria, muito exigente para mim e para vós”.

Dom José Policarpo difundiu uma mensagem de Páscoa em vídeo, que foi veiculado hoje no canal do patriarcado no YouTube.

O cardeal afirma que desejar Feliz Páscoa, para os cristãos, é muito mais do que um “cumprimento simpático”.

“A Páscoa cristã é muito exigente. O Senhor Jesus, antes de sofrer a morte, disse aos discípulos: ‘fazei isto em minha memória’. Ou seja, tornais presente na vossa vida.”

“Essa é a característica da Páscoa cristã: a atualidade da Páscoa. Cristo morreu no passado, mas a sua morte é profundamente atual. Ao celebrarmos a Páscoa, temos de ter em conta e desejar que, em cada ano, em cada domingo que a celebramos, ela seja viva, seja acontecimento, seja novidade na nossa vida e da comunidade a que pertencemos.”

Num momento em que Portugal está a viver “um momento de exigência, de dificuldade” em consequência da crise econômica e política, o cardeal afirmou que a Páscoa recorda que a vida cada um não é definitiva, ou seja, que “há a possibilidade de a transformar, de lhe dar um sentido novo”.

“E isso é possível exatamente porque o Senhor comunicou a cada um de nós o seu Espírito de Ressuscitado. Celebrar a Páscoa é acreditar nisso, que é possível viver cada momento de uma maneira nova”, disse Dom José.

Na internet: http://www.youtube.com/patriarcadolx

Compartilhe!

    Sobre Prof. Felipe Aquino

    O Prof. Felipe Aquino é doutor em Engenharia Mecânica pela UNESP e mestre na mesma área pela UNIFEI. Foi diretor geral da FAENQUIL (atual EEL-USP) durante 20 anos e atualmente é Professor de História da Igreja do “Instituto de Teologia Bento XVI” da Diocese de Lorena e da Canção Nova. Cavaleiro da Ordem de São Gregório Magno, título concedido pelo Papa Bento XVI, em 06/02/2012. Foi casado durante 40 anos e é pai de cinco filhos. Na TV Canção Nova, apresenta o programa “Escola da Fé” e “Pergunte e Responderemos”, na Rádio apresenta o programa “No Coração da Igreja”. Nos finais de semana prega encontros de aprofundamento em todo o Brasil e no exterior. Escreveu 73 livros de formação católica pelas editoras Cléofas, Loyola e Canção Nova.
    Adicionar a favoritos link permanente.