Testemunho da Miss Mundo 2013: “Sou pró-vida e as relações sexuais são para o matrimônio”

ppmeganyoung_Red_Touch_Media_CC_BY-NC_2_018 de Outubro de 2013 – O site da ACIdigital noticiou ontem (17) em entrevista a candidata das Filipinas, Megan Lynn Young ao canal ANC, de 23 anos que foi coroada como Miss Mundo 2013 em 28 de setembro em Bali (Indonésia), deixou clara durante a sua participação no concurso a sua postura pró-vida e a favor do matrimônio.

Sua postura foi firme e direta: “Sou contra o aborto”, afirmou.

Também questionada sobre manter relações sexuais antes do casamento, Megan assegurou que não concorda pois “o sexo é para o matrimônio, é o que acredito”, e também revelou “sou contra o divórcio”.

Megan ainda afirmou: “se você casa com alguém, essa deve ser a pessoa com a qual estará para sempre, na doença e na saúde, nas coisas boas e ruins”.

A entrevistadora, perguntou-lhe ainda, surpreendida com a resposta, como era possível para uma mulher “tão bela como você” negar-se às relações sexuais pré-matrimoniais, ao que Megan respondeu que simplesmente “diz não”. Megan responde “se tentam pressionar, retira-te, porque essa pessoa não te valoriza, não valoriza tanto a relação”, indicou.

E conclui dizendo “se o rapaz estiver disposto a sacrificar isso, significa muito”.

Fonte: http://www.acidigital.com/noticia.php?id=26199

Compartilhe!

    Sobre Prof. Felipe Aquino

    O Prof. Felipe Aquino é doutor em Engenharia Mecânica pela UNESP e mestre na mesma área pela UNIFEI. Foi diretor geral da FAENQUIL (atual EEL-USP) durante 20 anos e atualmente é Professor de História da Igreja do “Instituto de Teologia Bento XVI” da Diocese de Lorena e da Canção Nova. Cavaleiro da Ordem de São Gregório Magno, título concedido pelo Papa Bento XVI, em 06/02/2012. Foi casado durante 40 anos e é pai de cinco filhos. Na TV Canção Nova, apresenta o programa “Escola da Fé” e “Pergunte e Responderemos”, na Rádio apresenta o programa “No Coração da Igreja”. Nos finais de semana prega encontros de aprofundamento em todo o Brasil e no exterior. Escreveu 73 livros de formação católica pelas editoras Cléofas, Loyola e Canção Nova.
    Adicionar a favoritos link permanente.