Terceiro segredo de Fátima

nossa-senhora-de-fatimaNão foi todo revelado?

Em síntese: Há quem insista em dizer que o terceiro segredo de Fátima não foi totalmente revelado, devendo ainda ocorrer diversas calamidades precursoras da segunda vinda de Cristo. Vão, a seguir, publicadas “profecias” desse tipo com a respectiva refutação. A situação sombria do mundo atual leva muitas pessoas a crer que “só Deus dará um jeito”, e o dará drasticamente. Tal previsão carece de fundamento.

Vários fiéis católicos insistem em dizer que o terceiro segredo de Fátima não foi totalmente revelado, de modo que se esperam ainda diversas calamidades, que precederão a segunda vinda de Cristo. – A título de ilustração vão, a seguir, publicados dois espécimes dessa mental­idade sinistra, que a muitos impressiona; ao que acrescentaremos uma reflexão serena.

1. “Somente quatro dentre trinta e nove páginas foram reveladas!”

1.1. A “profecia”

Via Internet recebemos do Pe. Léo Persch, de Pelotas (RS), a seguinte mensagem:

Nos dias 13/05/2000 e 26/06/2000 foram divulgadas informações parciais sobre o terceiro segredo de Fátima. O manuscrito da confidente Irmã Lúcia, redigida em 1944, abrange um total de 43 páginas das quais somente 4 (quatro) foram divulgadas, cujo conteúdo afeta diretamente a pessoa do Papa João Paulo II. Ficamos na expectativa da divulgação das restantes 39 páginas, com os conteúdos que já foram abordados, em diversas ocasiões, pelos papa João XXIII, Paula VI, e, nomeadamente, pelo próprio  João Paulo II. Em toda a sua extensão, o documento fala sobre:

1- O afastamento e a morte de João Paulo II;

2- A grande tribulação (Apocalipse);

3- A grande purificação da humanidade e do toda a criação;

4- A nova evangelização em todo o mundo em testemunho a todos os povos;

5- A nova criação;

6- A vinda gloriosa de Jesus;

7- A civilização do amor e da paz no terceiro milênio.

Com exceção do trágico afastamento e morte de João Paulo II, nada mais consta nas 4 páginas do texto que foi publicado. Numa atitude injustificável, a mídia declarou que se trata, nessas 4 páginas, da “íntegra do terceiro Segredo de Fátima” – o que é inadmissível.

Além disso, forças sinistras então inculcando que todo o terceiro segredo já aconteceu no dia 13 de maio de 1981, o que é um absurdo, porque implica em flagrante contradição com as 4 páginas que foram publicadas. Naquele dia fatídico do atentado contra o Papa não aconteceu nada daquilo que foi publicado sobre o terceiro segredo. O Papa “não caminhou por uma cidade em ruínas”; “não encontrou cadáveres de mártires da fé”; “não veio escoltado por soldados com armas de fogo e flechas”; ( Nota: ali estava apenas um pistoleiro contratado, Ali Agca); “não subiu uma montanha acompanhado por uma multidão de fiéis”; “não apareceu no alto do monte uma tosca cruz de madeira, perante a qual o Papa se ajoelhou e rezou pelos que morreram mártires”; “o Papa não foi morto sob o disparo de armas de fogo e flechas pelos soldados”; “o grupo de soldados não matou ali vários bispos, padres e religiosos, juntamente com numerosos fiéis”, etc…

Apesar da total contradição entre os fatos de 1981 e a profecia de Fátima, o mundo ficou fascinado com a engenhosa interpretação de que a profecia do terceiro segredo já se cumpriu. Sabemos – e todos o reconhecem – que já se cumpriram o primeiro segredo (anúncio da 2ª guerra Mundial) e o segundo (sobre a ascensão e queda do comunismo), ambos publicados em 1929. Ora, a queda do comunismo e a conversão da Rússia aconteceram em 1981, e agora, no ano 2000, um público, como que hipnotizado pela mídia, engoliu o anúncio de que o terceiro segredo já aconteceu 10 anos do segundo segredo. E isso num único dia. “Nos tempos finais – diz a Bíblia – os homens não mais suportarão a doutrina da salvação,… afastarão os ouvidos da verdade para acreditar em fábulas” (2Tm 4, 3s).

Bem antes das aparições em Fátima, São Pio X (Papa, 1903-1914), tomando conhecimento de várias mensagens de Maria sobre o desenlace trágico de um papa futuro, exclamou: “Por ventura serei eu, ou será um de meus sucessores?”. O terceiro segredo de Fátima não é novidade, já anunciado desde séculos por videntes e desde milênios pela Bíblia.

O terceiro segredo de Fátima se cumprirá ao pé da letra, bem como todas as profecias da Bíblia (isto é, todos os Profetas, vários Salmos, o Evangelho, as Cartas e o Apocalipse). Os últimos papas muito falaram a respeito, conforme vimos. Um claríssimo resumo se encontra em quatro versículos de Zacarias: 13, 7.8.9; 14, 5…

Já anunciamos que o fumo de satanás bloqueia cada vez mais o Vaticano, até o dia em que vai explodir em cheio contra o “Corpo místico de Cristo”, que é a “sua Igreja”. Seu alvo principal é o papado, Paulo VI experimentou em cheio e na própria carne este veneno satânico, João Paulo I foi sua vítima fatal e João Paulo II seu eterno perseguido, com atentados, obstruções e campanhas de difamação, até chegar a hora fatal de seu doloroso desenlace. A perversidade dos ímpios descarregará todo o seu furor contra os cristãos, conforme o terceiro segredo e a Bíblia, “quando a força do povo santo for inteiramente reprimida” (Daniel 12, 7), bem como Ap 6, 7-8, “sobre a Quarta parte da terra”. No evangelho as provas estão em Mt 10, 17-23; Mc 13, 9-13; Lc 2, 12-19, Jo 16, 2-4 etc…

Com a derrubada do Papa João Paulo II, conforme 2Tes 2, 7-12, “O ímpio (o anticristo, uma indisfarçável encarnação de satanás) se manifestará publicamente usurpando o trono de São Pedro. Ele vai desencadear a grande rebelião universal dos povos da Terra, contra Deus e seu Cristo”, conforme anuncia todo o salmo 2 e todo o capítulo 13 do Apocalipse.

Outro grande triunfo de satanás é confundir a Parusia, a Vinda Gloriosa de Cristo, com o Fim do Mundo. O maligno conseguiu injetar mais este veneno na opinião da maioria dos cristãos e como é custoso convencê-los da falsidade desse lamentável equívoco! Encarecemos a necessidade urgente de retorno ao sentido original da Bíblia, dos Apóstolos e dos primeiros Cristão, para não se tornarem vítimas de uma fatal desilusão.. Aguardamos, isso sim, o fim do príncipe deste mundo (ap 20, 1-3), de “Satanás e os espíritos malignos, que andam pelo mundo para a perdição das almas” (Leão XIII). Esperamos a “Nova Criação” (Mt 19, 28), a “Restauração universal” (At 3, 20-21), o Novo Mundo que há de vir, que é “o Novo Céu e a Nova Terra” (2Pd 3, 13; Ap 21, 1), e “o Glorioso Terceiro Milênio”. É disso que fala o terceiro segredo de Fátima, os Papas do século passado e principalmente todos os Papas do século XX. Com o esplendor da vinda Gloriosa de Jesus, este mundo caduco e satânico vai terminar, e a nova criação feita por Deus vai começar. Por isso, já desde quase dois mil anos sempre rezamos: “Venha a Nós o Vosso Reino”, e desde 1969 pedimos nas orações litúrgicas e em todas as Missas: “Vinde, Senhor Jesus – esperamos a Vossa Vinda Gloriosa”. Amém.

Pe. Léo Persch

1.2. Refletindo…

Proporemos quatro observações:

1) Leitura subjetiva da Bíblia

As “profecias” atrás apresentadas derivam-se de uma leitura subjetiva da Bíblia, desligada da Palavra oral do Senhor que berçou a Bíblia e a acompanha através dos séculos. A Bíblia só pode ser autenticamente entendida se recolocada dentro da Tradição oral formulada pelo magistério da Igreja. Em caso contrário, corre-se o risco de introduzir na Escritura Sagrada teses preconcebidas, em vez de deduzir da mesma a sua genuína mensagem. As modernas “profecias” apelam para o texto sagrado sem recurso ao respectivo contexto e à mentalidade dos autores antigos; disto podem resultar interpretações gravemente errôneas.

2) Fim dos tempos?

A distinção entre fim dos tempos e fim do mundo carece de fundamento na Escritura e na Tradição. Estas só conhecem uma Segunda vinda de Cristo, que rematará a história como é vivida neste mundo e consumará a obra da Redenção. Nem o milenarismo nem o conceito de uma nova era, só de paz e amor, têm apoio objetivo. São projeções da imaginação de quem verifica quão ingratos são os tempos atuais a ponto mesmo de exigirem uma intervenção drástica de Deus para pôr fim aos males e inaugurar bonança sobre a terra. Esta expectativa corresponde a um mecanismo psicológico: procura-se uma solução para os desatinos presentes, solução que nenhum homem é capaz de dar e que por isto é transferida para o poder de Deus, Senhor da história.

A fé, porém, lembra os dizeres de Jesus em Lc 17, 22: “Dias virão em que desejareis ver apenas um dos dias do Filho do Homem, mas não o vereis”. Já o Senhor previu a inclemência dos tempos atuais e o anseio que espontaneamente brotaria da mente dos discípulos desejosos de uma intervenção retumbante do Senhor…; previu também o não atendimento a tal expectativa… Em consequência dir-se-á que, em vez de aguardar soluções portentosas, compete aos cristãos fortalecer sua fidelidade à grandiosa vocação de ser “sal da terra” e “luz do mundo” (Mt 5, 13s); se os vocacionados falham, o mundo há de se ressentir enormemente, pois, “se o sal perde o seu sabor, não há coisa alguma que o substitua” (cf. Mt 5, 13). Estas verdades são mais importantes do que as “profecias”.

3)  Não totalmente revelado?

É falsa a alegação de que, de 43 páginas do segredo, somente 4 foram reveladas, restando 39 páginas a ser ainda descobertas ao público. A Congregação para a Doutrina da Fé, ao publicar as quatro páginas do terceiro segredo de Fátima, teve o cuidado de publicar o fac-simile do texto escrito à mão pela Ir. Lúcia, de modo que o leitor pode cotejar o impresso e o manuscrito, verificando que foi totalmente revelado. As 39 páginas restantes contêm uma carta do Santo Padre à Ir. Lúcia, o relato de uma visita de Mons. Tarcisio Bertone à mesma Irmã, a alocução do Cardeal Angelo Sodano em Fátima e a explanação feita pelo Cardeal Joseph Ratzinger em torno do terceiro segredo. Estes textos já não são partes integrantes do teor do segredo.

Como observa o Cardeal Ratzinger o segredo não contém predições, mas um retrospecto da história da Igreja no século XX, que foi uma época de numerosos mártires e confessores da fé,… época violenta que atingiu a pessoa do próprio Papa. É arbitrário dizer que João Paulo II ainda há de ser assassinado e substituído por um antipapa que fará cessar a oblação da Eucaristia. Nem o segredo de Fátima nem o texto bíblico dão embasamento a tal hipótese.

4) A Decepção

Muito sabiamente alude o cardeal Ratzinger à surpresa e à decepção de muitas pessoas que julgavam poder prever o futuro nas linhas do terceiro segredo:

“Chegamos a uma última pergunta: que é que significa no seu conjunto (nas suas três partes) o segredo de Fátima? Que é que nos diz a nós? Em primeiro lugar, devemos supor, como afirma o Cardeal Sodano, que “os acontecimentos a que faz referência a terceira parte do segredo de Fátima parecem pertencer já ao passado”. Os diversos acontecimentos, na medida em que lá são representados, pertencem já ao passado. Quem estava à espera de impressionantes revelações apocalípticas  sobre o fim do mundo ou sobre o futuro desenrolar da história, deve ficar desiludido. Fátima não oferece tais satisfações à nossa curiosidade, como, aliás, a fé cristã em geral, que não pretende nem pode ser alimento para a nossa curiosidade. O que permanece – dissemo-lo logo ao início das nossas reflexões sobre o texto do segredo – é a exortação à oração como caminho para a salvação das almas, e no mesmo sentido o apelo à penitência e à conversão”.

2. Nova Aparição em Fátima aos 25/07/00?

2.1. O texto

O jornal “Estado de Minas”, em sua edição de 14?02/00, traz a seguinte notícia:

“Segundo o ex-empresário Raymundo Lopes, que foi agraciado com as aparições de Nossa Senhora durante cinco anos, a próxima aparição já tem dia marcado. A própria santa foi quem marcou o encontro. “A partir da última aparição, que aconteceu na Praça do Papa no dia 11 de fevereiro de 1997, Nossa Senhora iniciou o seu afastamento da Terra marcando o seu retorno para 25 de julho de ano 2000. O encontro vai acontecer em Portugal na Cova da Íria”, conta.

A nova aparição foi anunciada por um anjo, que revelou a Raymundo a mensagem da Santíssima Virgem. Neste dia o anjo lhe ensinou uma oração para ser rezada até o retorno da santa. Disse-lhe também que a mensagem deveria chegar ao Arcebispo de Leiria até o dia 22 de setembro de 1999”.

Segundo o Sr. Raymundo Lopes, a aparição de fato ocorreu; o respectivo relato foi assim elaborado pelo vidente:

“Obedecendo à vontade da Divina Misericórdia, emanada pela Santíssima Virgem Maria, passo a relatar parte do que vi e ouvi na Cova da Íria no dia 25 de julho de 2000.

Eram exatamente doze horas, quando percebi uma leve brisa a roçar minha cabeça, e vi no céu um clarão como se fosse um relâmpago.

Logo depois, a uma distância de aproximadamente dez metros do local onde me encontrava, vi Nossa Senhora, toda vestida de branco, tendo nas mãos quatro rosas douradas…

Nossa Senhora então me disse:

Esta visão que Deus lhe permite, deverá escrever, e estar nas mãos dos dois Serafins, o Senhor Bispo de Leiria e do Senhor Cardeal de Belo Horizonte, sem mais tardar. Guarde reservas sobre ela até o dia 15 de outubro deste ano; é o prazo que o Senhor Deus fornece a estes bispos para que isso chegue ao Vaticano.

O que vou lhe relatar agora, poderá ser dito de imediato:

Não fizeram o que pedi aqui. O que Deus permitiu à pastora Lúcia ver e relatar, ainda não se cumpriu. É urgente e necessário que o corpo clerical da Igreja promova uma consagração do mundo ao meu Coração Imaculado, pois existe um pequeno tempo para que essas coisas possam ser modificadas, antes de se cumprirem.

Se fizerem o que peço, muita coisa será atenuada; entretanto, tempos sombrios para a Igreja virão.

Pela vontade da Divina Misericórdia, devo proteger a Igreja na América Latina, em especial no Brasil, na Europa e em Portugal, para que não caiam no pecado da apostasia, e possam dar ao mundo o exemplo de fé.

Então eu perguntei: Santíssima virgem, o que era aquilo que vi?

Ela me respondeu:

Não cabe a você discernir sobre isso, entregue a esses bispos o que irá escrever.

Dizendo isso, comecei a sentir de novo uma leve brisa no meu rosto. Nossa Senhora começou a se afastar no firmamento e não vi mais nada.

Raymundo Lopes

Cova da Íria (Portugal)

25 de julho de 2000”

2.2. Comentando…

Antes do mais, convém perguntar: qual mensagem devia ser guardada em segredo até 22 de setembro de 1999? É de notar que a nova revelação só havia de ocorrer aos 25/07/00, conforme o jornal “Estado de Minas”. Terá havido erro gráfico na página de jornal, devendo-se ler 2000 em vez de 1999?

A “nova aparição” terá deixado uma mensagem ainda não revelada. Todavia em carta particular o Pe. Fernando Leite, do Secretariado Nacional do Apostolado da Oração de Portugal, escreveu:

“É um puro engano a aparição ou as aparições do ex-empresário Raymundo Lopes. Fez muito bem o Cardeal em proibir tal exibição”.

O mesmo sacerdote dissipa outra ilusão na mesma carta, ao dizer com referência a uma exposição feita em Belo Horizonte:

“Quanto à exposição de roupas usadas pelos pastorinhos em Fátima no dia da Aparição de Nossa Senhora na Cova da Íria, tudo é um engano. Não existe tal coisa em Portugal, e muito menos se iria mandar para o Brasil”.

Tais notícias incutem uma vez mais a urgente necessidade de sadio senso crítico e sábio discernimento quando se trata de narrações “maravilhosas”. O caminho normal do cristão é o da fé. “O justo vive da fé” (Rm 1, 17).

Revista “PERGUNTE E RESPONDEREMOS”

D. Estevão Bettencourt, osb

Nº 463 – Ano 2000 – Pág. 542

Compartilhe!

    Sobre Prof. Felipe Aquino

    O Prof. Felipe Aquino é doutor em Engenharia Mecânica pela UNESP e mestre na mesma área pela UNIFEI. Foi diretor geral da FAENQUIL (atual EEL-USP) durante 20 anos e atualmente é Professor de História da Igreja do “Instituto de Teologia Bento XVI” da Diocese de Lorena e da Canção Nova. Cavaleiro da Ordem de São Gregório Magno, título concedido pelo Papa Bento XVI, em 06/02/2012. Foi casado durante 40 anos e é pai de cinco filhos. Na TV Canção Nova, apresenta o programa “Escola da Fé” e “Pergunte e Responderemos”, na Rádio apresenta o programa “No Coração da Igreja”. Nos finais de semana prega encontros de aprofundamento em todo o Brasil e no exterior. Escreveu 73 livros de formação católica pelas editoras Cléofas, Loyola e Canção Nova.
    Adicionar a favoritos link permanente.