O que é a Comunhão dos Santos?

Primeiramente, é um dogma de fé. Nós o professamos no nosso Credo: Creio na Comunhão dos Santos. O Catecismo da Igreja Católica nos explica com bastantes detalhes esse assunto. Um desses ensinamentos é de que a Igreja é essa Comunhão dos Santos, unida sobretudo pela Eucaristia, pela qual é representada, … Continue Lendo

Os dogmas solenemente proclamados pelos Papas

Poucas vezes na história da Igreja os Papas tiveram a necessidade de se pronunciar “ex-cathedra”.  E nem todos os dogmas da fé católica foram pronunciados solenemente; por exemplo, no Credo, há 12 Artigos de Fé, que não precisaram ser proclamados solenemente, já que vieram dos Apóstolos. Podemos relatar, em ordem … Continue Lendo

O que é necessário para um credo ser considerado religião?

Não é muito fácil distinguir uma religião de uma seita; não é só pelo credo. Normalmente se considera uma religião, uma crença organizada hierarquicamente, com normas claras de orientação, culto, etc, como é o caso das grandes religiões: judaísmo, islamismo, budismo, cristianismo, protestantes tradicionais (luteranos, anglicanos), ortodoxos, etc. Leia também: Catolicismo e … Continue Lendo

Como entender que a Igreja não erra?

A palavra “Igreja” pode ser utilizada de duas maneiras: a primeira quando designa a sua totalidade, e a segunda quando se refere ao Magistério enquanto tal. Ambas realidades são infalíveis. No primeiro caso, como afirmar que ela não erra? O Credo professado aos domingos na Santa Missa diz: “Creio na … Continue Lendo

O Credo de Santo Atanásio

Este credo, apesar do nome, foi divulgado por Santo Ambrósio, foi incluído na liturgia, é autêntica profissão de fé e é totalmente reconhecido pela Igreja Católica. 1. Quem quiser salvar-se deve antes de tudo professar a fé católica. 2. Porque aquele que não a professar, integral e inviolavelmente, perecerá sem … Continue Lendo

Por que a Igreja católica é chamada Romana?

Ser romana não faz parte da identidade da Igreja. O nosso Credo diz que ela é “Santa, Una, Católica e Apostólica”. Vários papas viveram fora de Roma. No século 14 sete papas franceses ficaram em Avignon na França por setenta anos; foi o chamado “Cativeiro dos Papas na França”, num … Continue Lendo

Os dogmas solenemente proclamados pelos Papas

Poucas vezes na história da Igreja os Papas tiveram a necessidade de se pronunciar “ex-cathedra”. E nem todos os dogmas da fé católica foram pronunciados solenemente; por exemplo, no Credo, há 12 Artigos de Fé, que não precisaram ser proclamados solenemente, já que vieram dos Apóstolos. Podemos relatar, em ordem … Continue Lendo