Suportar com paciência o preço da fidelidade a Cristo, alenta o Papa

Vaticano, 25 Jun. 11 / 12:28 pm (ACI/EWTN Noticias) Em seu discurso este meio-dia (hora local) aos membros da Associação Santos Pedro e Paulo, o Papa Bento XVI ressaltou a importância vital da fidelidade a Cristo e à Igreja, e alentou a suportar com humildade e paciência o “preço” que isso implica.

Em seu discurso aos membros desta associação que participaram da Missa presidida pelo Cardeal Tarcisio Bertone, Secretário de estado Vaticano, por ocasião do 40º aniversário desta fundação instituída pelo Papa Paulo VI, o Papa recordou que esta instituição venera Santa María como a Virgo Fidelis (Virgem Fiel) e exclamou que “hoje mais que nunca há necessidade de fidelidade!”

“Vivemos em uma sociedade que perdeu este valor. Exalta-se muito a atitude de mudança, a ‘mobilidade, ‘a flexibilidade’, por motivos econômicos e organizativos até legítimos Mas a qualidade de uma relação humana se percebe na fidelidade!”

A Sagrada Escritura, acrescentou, “mostra-nos que Deus é fiel. Com sua graça e a ajuda de Maria, sede pois fiéis a Cristo e à Igreja, dispostos a suportar com humildade e paciência o preço que isso implica”.

Conforme assinala a nota da Rádio Vaticano, com profunda gratidão pelo serviço de voluntariado litúrgico -nas celebrações no Vaticano- e caridoso -em numerosas iniciativas colaborando com as Filhas da Caridade e com as Missionárias da Caridade- o Papa fez insistência na importância de uma intensa e renovada vida espiritual.

Bento XVI explicou que “para ajudar outros a rezar, é preciso ter o coração dirigido para Deus; para chamá-los ao respeito dos lugares Santos e das coisas santas, devemos ter em nós o sentido cristão da sacralidade; para ajudar o próximo com verdadeiro amor cristão, devemos ter uma alma humilde e um olhar de fé”.

“Nossa conduta, freqüentemente sem palavras, é uma indicação, um exemplo, um chamado. E como tal tem também um valor educativo”, acrescentou.

Depois de destacar deste modo sua gratidão pela importante formação que se propõe esta Associação eclesiástica para seus membros e seus familiares, sempre em complementaridade com suas paróquias, o Santo Padre se dirigiu de forma especial aos que esta manhã pronunciaram a solene promessa de fidelidade.

“Desejo-lhes que tenham sempre a alegria de sentir-se discípulos de Cristo na Igreja. E os exorto a dar bom testemunho do Evangelho em cada âmbito de sua própria vida. Sempre nesta perspectiva, apoiei desde o começo o projeto de dar vida a um grupo juvenil”.

O Santo Padre saudou também “os jovens com especial afeto e os animou a seguir o exemplo do beato Pier Giorgio Frassati, amando a Deus com todo o coração, saboreando a beleza da amizade cristã e servindo a Cristo com grande discrição nos irmãos mais pobres”.

O Papa agradeceu logo as orações e o presente que lhe ofereceram os membros pelo 60º aniversário de sua ordenação sacerdotal, que celebrará na próxima quarta-feira 29 de junho, Solenidade de São Pedro e São Paulo.

“Queridos amigos, agradeço também suas felicitações e sobre tudo suas orações pela ocasião de meu sexagésimo aniversário de Sacerdócio. O presente que quiseram me oferecer, uma bela casula, recorda-me que sou sempre, acima de tudo Sacerdote de Cristo. E me convida a recordá-los disto quando celebro o Sacrifício redentor. Obrigado de coração!”

Finalmente o Santo Padre fez votos para que a Virgem Maria “obtenha-lhes a paz em suas famílias, para que delas nasçam autênticas vocações cristãs ao matrimônio, ao sacerdócio e à vida consagrada. Por isso asseguro uma especial lembrança em minha oração, enquanto de coração abençôo a cada um de vocês e os seus seres queridos”.

Compartilhe!

    Sobre Prof. Felipe Aquino

    O Prof. Felipe Aquino é doutor em Engenharia Mecânica pela UNESP e mestre na mesma área pela UNIFEI. Foi diretor geral da FAENQUIL (atual EEL-USP) durante 20 anos e atualmente é Professor de História da Igreja do “Instituto de Teologia Bento XVI” da Diocese de Lorena e da Canção Nova. Cavaleiro da Ordem de São Gregório Magno, título concedido pelo Papa Bento XVI, em 06/02/2012. Foi casado durante 40 anos e é pai de cinco filhos. Na TV Canção Nova, apresenta o programa “Escola da Fé” e “Pergunte e Responderemos”, na Rádio apresenta o programa “No Coração da Igreja”. Nos finais de semana prega encontros de aprofundamento em todo o Brasil e no exterior. Escreveu 73 livros de formação católica pelas editoras Cléofas, Loyola e Canção Nova.
    Adicionar a favoritos link permanente.