Símbolos da JMJ chegam ao interior de São Paulo

São Paulo (Quinta-feira, 13-10-2011, Gaudium Press) Os principais símbolos da Jornada Mundial da Juventude (JMJ), a Cruz e o Ícone de Nossa Senhora iniciaram a peregrinação pelo Brasil no dia 18 de setembro, quando foram recebidos pela juventude da Arquidiocese de São Paulo na grande festa do Bote Fé.

Nos dias seguintes, outras cidades tiveram a oportunidade de receber os dois símbolos, que foram dados pelo Beato João Paulo II aos jovens para que os levassem por todo o mundo anunciando o Evangelho.

A primeira etapa da peregrinação acontece no Regional Sul 1 da CNBB (São Paulo). Serão visitadas várias dioceses. A região do Vale do Paraíba, onde fica a Arquidiocese de Aparecida, não será visitada neste momento, entretanto. Essa região receberá a Cruz em 2013.

Confira abaixo o roteiro da peregrinação, por dioceses. As datas indicam os dias da chegada e da partida da Cruz. É importante ressaltar que pode haver mudanças. (LB)

Bragança Paulista – 10 e 11 de outubro

Limeira – 11 e 12 de outubro

Piracicaba – 12 e 13 de outubro

São Carlos – 13 e 14 de outubro

Marília – 15 e 16 de outubro

Bauru – 16 e 17 de outubro

Ribeirão Preto – 18 a 23 de outubro

São João da Boa Vista – 24 e 25 de outubro

Jaboticabal – 26 e 27 de outubro

Franca – 28 e 29 de outubro

Barretos – 29 e 30 de outubro

Compartilhe!

    Sobre Prof. Felipe Aquino

    O Prof. Felipe Aquino é doutor em Engenharia Mecânica pela UNESP e mestre na mesma área pela UNIFEI. Foi diretor geral da FAENQUIL (atual EEL-USP) durante 20 anos e atualmente é Professor de História da Igreja do “Instituto de Teologia Bento XVI” da Diocese de Lorena e da Canção Nova. Cavaleiro da Ordem de São Gregório Magno, título concedido pelo Papa Bento XVI, em 06/02/2012. Foi casado durante 40 anos e é pai de cinco filhos. Na TV Canção Nova, apresenta o programa “Escola da Fé” e “Pergunte e Responderemos”, na Rádio apresenta o programa “No Coração da Igreja”. Nos finais de semana prega encontros de aprofundamento em todo o Brasil e no exterior. Escreveu 73 livros de formação católica pelas editoras Cléofas, Loyola e Canção Nova.
    Adicionar a favoritos link permanente.