Seremos transformados pela vitória de Jesus

Durante o Angelus, Bento XVI reza pela unidade dos cristãos

CIDADE DO VATICANO, domingo, 22 de janeiro, 2011 (ZENIT.org) – A Semana de Oração pela Unidade dos Cristãos tem sido o foco do Angelus desta manhã. O Papa Bento XVI começou lembrando o lema da Semana, extraído de uma frase de São Paulo: Todos seremos transformados pela vitória de Jesus Cristo nosso Senhor (cf. 1 Cor 15,51-58).

“Somos chamados a contemplar a vitória de Cristo sobre o pecado e a morte, ou seja a sua ressurreição, como um evento que transforma radicalmente os que creem n´Ele e lhes dá acesso a uma vida incorruptível e imortal”, disse o Santo Padre.
Os subsídios para a Semana de oração foram preparados por um grupo polonês. A este respeito, o Papa recordou a “longa história de lutas corajosas” que tem caracterizado a história da Polónia, um país que em muitas circunstâncias, tem “demonstrado grande determinação, animado pela fé”.

Mérito do povo polaco foi ter percebido uma “dimensão espiritual” no seu desejo de liberdade, entendendo que “a verdadeira vitória só pode acontecer se acompanhada por uma profunda transformação interior.”
Alcançar a unidade de todos os cristãos pode acontecer “se nos permitimos transformar na imagem de Cristo”, cuja “vida nova” é a “verdadeira vitória”.

Ciente de sua fraqueza, os crentes acolherão esta unidade como um “dom” que, como destacava o Beato João Paulo II, “se torna um grande compromisso”.
“O tempo que dedicaremos à oração para a plena comunhão dos discípulos de Cristo nos permitirá entender mais profundamente como seremos transformados pela sua vitória, pelo poder da sua ressurreição”, continuou o Santo Padre.

Antes de passar para a recitação do Angelus, Bento XVI fez um convite para a próxima quarta-feira para a solene celebração das Vésperas da Festa da Conversão de São Paulo na Basílica de São Paulo Fora dos Muros, que também estarão presentes representantes de outras Igrejas e Comunidades cristãs. Será o último evento da semana de oração.

Após o Angelus, o Papa recordou que, em vários países do Extremo Oriente estão celebrando o Ano Novo Lunar. “Na atual situação mundial de crise económica e social desejo a todos aqueles povos que o ano novo seja realmente marcado pela justiça e pela paz, traga alívio aos sofredores, e especialmente os jovens, com seu entusiasmo e sua movimentação ideal, possam oferecer uma nova esperança para o mundo “, desejou o Santo Padre.

Compartilhe!

    Sobre Prof. Felipe Aquino

    O Prof. Felipe Aquino é doutor em Engenharia Mecânica pela UNESP e mestre na mesma área pela UNIFEI. Foi diretor geral da FAENQUIL (atual EEL-USP) durante 20 anos e atualmente é Professor de História da Igreja do “Instituto de Teologia Bento XVI” da Diocese de Lorena e da Canção Nova. Cavaleiro da Ordem de São Gregório Magno, título concedido pelo Papa Bento XVI, em 06/02/2012. Foi casado durante 40 anos e é pai de cinco filhos. Na TV Canção Nova, apresenta o programa “Escola da Fé” e “Pergunte e Responderemos”, na Rádio apresenta o programa “No Coração da Igreja”. Nos finais de semana prega encontros de aprofundamento em todo o Brasil e no exterior. Escreveu 73 livros de formação católica pelas editoras Cléofas, Loyola e Canção Nova.
    Adicionar a favoritos link permanente.