Seminário do Conselho Pontifício para os Leigos sobre a Mulieris dignitatem: “Deus confia o ser humano à mulher”

livro-carta-apostolica-mulieris-dignitatem-do-sumo-pontifice_MLB-F-202373294_190409 de outubro de 2013 (Zenit.org) De 10 a 12 de outubro, uma série de reuniões em Roma celebrará o aniversário da carta apostólica Mulieris dignitatem publicada em 15 de agosto de 1988 pelo beato João Paulo II.

O tema do seminário é forte e cheia de significado, “Deus confia o ser humano à mulher’’ observa o comunicado. O Conselho Pontifício para os Leigos quer propor “uma reflexão renovada sobre este importante documento”, lembrando que a Mulieris dignitatem foi escrita após o sínodo sobre a vocação e missão dos leigos na Igreja e no mundo no ano de 1987.

Um seminário sobre o documento Mulieris dignitatem, 25 anos após sua publicação pelo beato João Paulo II, é a nova proposta do Conselho Pontifício para os Leigos. De 10 a 12 de outubro, uma série de reuniões em Roma celebrará o aniversário da carta apostólica publicada em 15 de agosto de 1988. Ênfase particular, conforme o comunicado do dicastério, será dada a uma frase específica do documento papal: “Deus confia o ser humano à mulher”. Esta declaração, tema do seminário, é “forte e cheia de significado”, mas “talvez não tenha sido estudada o suficiente nos últimos anos”, observa o comunicado.

O Conselho Pontifício para os Leigos quer propor “uma reflexão renovada sobre este importante documento”, lembrando que  Mulieris dignitatem foi escrita imediatamente após o sínodo sobre a vocação e missão dos leigos na Igreja e no mundo, em 1987, em atendimento a um pedido feito pelo sínodo para se considerarem os fundamentos antropológicos e teológicos da condição da mulher como base indispensável para toda novidade a ser implementada na vida da Igreja.

Também o novo Código de Direito Canônico contém várias disposições sobre a participação da mulher na vida e na missão da Igreja: são disposições que devem ser conhecidas ao máximo e, de acordo com as diversas sensibilidades culturais e oportunidades pastorais, ser postas em prática mais rápida e resolutamente” (ChL, 51).

Diz o comunicado, “hoje, sente-se ainda mais a urgência de se colocar em prática o que o sínodo auspiciou para uma participação mais ativa das mulheres na vida e na missão da Igreja. atualizar as reflexões desses documentos fornecerá indicações importantes sobre a estrada a ser trilhada, contribuindo-se também para a resposta aos apelos do papa Francisco a este respeito”.

Fonte: http://www.zenit.org/pt/articles/deus-confia-o-ser-humano-a-mulher

Compartilhe!

    Sobre Prof. Felipe Aquino

    O Prof. Felipe Aquino é doutor em Engenharia Mecânica pela UNESP e mestre na mesma área pela UNIFEI. Foi diretor geral da FAENQUIL (atual EEL-USP) durante 20 anos e atualmente é Professor de História da Igreja do “Instituto de Teologia Bento XVI” da Diocese de Lorena e da Canção Nova. Cavaleiro da Ordem de São Gregório Magno, título concedido pelo Papa Bento XVI, em 06/02/2012. Foi casado durante 40 anos e é pai de cinco filhos. Na TV Canção Nova, apresenta o programa “Escola da Fé” e “Pergunte e Responderemos”, na Rádio apresenta o programa “No Coração da Igreja”. Nos finais de semana prega encontros de aprofundamento em todo o Brasil e no exterior. Escreveu 73 livros de formação católica pelas editoras Cléofas, Loyola e Canção Nova.
    Adicionar a favoritos link permanente.