Semana Nacional da Família

child-17387_640Começou neste domingo, 10 de agosto, e irá até o dia 16, a Semana Nacional da Família. Neste ano o tema é “A espiritualidade cristã na família: um casamento que dá certo”.

Esta Semana foi criada há 22 anos; é um evento anual da Igreja no Brasil. Com o passar dos anos, a atividade ganhou repercussão nacional e, hoje, tem contribuído para fomentar importantes discussões na vida em sociedade.

Para o bispo de Camaçari (BA) e presidente da Comissão Episcopal para a Vida e a Família, dom João Carlos Petrini, o tema proposto para este ano quer ajudar as famílias na vivência da espiritualidade. De acordo com o bispo, “são gestos de espiritualidade que podem fazer a grande diferença na convivência dos esposos, no crescimento dos filhos na fé, na renovação da alegria pelo amor que se renova no dia a dia pelo dom da graça de Deus”.

É fundamental que todo o Brasil católico se mobilize em torno dessa Semana, pois, com o disse o Santo Papa João Paulo II, a família nunca esteve tão ameaçada como hoje. Ela é a base da sociedade e também da Igreja. João Paulo dizia que o futuro da Igreja passa pela família. Ela é a base que Deus quis para que a humanidade existisse. Se ela for desfigurada, como Deus a instituiu, será o desastre da humanidade, como já temos visto hoje: filhos “órfãos” de pais vivos, casais separados, “casamentos alternativos” que não são o que Deus criou, identidade de gêneros, abortos, eutanásia, suicídio assistido, manipulação de embriões, bebês de proveta, controle da natalidade exagerada, “amor livre”, pílula do dia seguinte, estupros, prostituição, drogas, programas imorais de televisão, uso de camisinha, especialmente nas escolas. Além disso, vale citar a educação sexual desviada que existe em muitas escolas, a tal “produção independente” de filhos, sem casamento, etc. Tudo isso acaba com a família. Assim como o dinheiro falso destrói o verdadeiro, a família falsa destrói a verdadeira e ameaça o plano de Deus.

João Paulo II disse: “A grandeza e a sabedoria de Deus manifestam-se em suas obras. Hoje em dia, porém, parece que os inimigos de Deus, mais do que atacar frontalmente o Autor da criação, preferem defrontá-Lo em suas obras… Entre as verdades obscurecidas no coração do homem , por causa da crescente secularização e do hedonismo reinantes, ficam especialmente afetadas todas aquelas relacionadas com a família. Em torno à família se trava hoje o combate fundamental da dignidade do homem.”

“Nos nossos dias, infelizmente, vários programas sustentados por meios muito poderosos parecem apostados na desagregação da família.” (Carta ás Famílias, 5).

Por tudo isso é muito importante que todas as Comunidades, Movimentos, Dioceses, Paróquias, Grupos de Oração, etc., se mobilizem nesta Semana, para reavivar os verdadeiros valores da família, antes que seja tarde demais.

 

Prof. Felipe Aquino

Compartilhe!

    Sobre Prof. Felipe Aquino

    O Prof. Felipe Aquino é doutor em Engenharia Mecânica pela UNESP e mestre na mesma área pela UNIFEI. Foi diretor geral da FAENQUIL (atual EEL-USP) durante 20 anos e atualmente é Professor de História da Igreja do “Instituto de Teologia Bento XVI” da Diocese de Lorena e da Canção Nova. Cavaleiro da Ordem de São Gregório Magno, título concedido pelo Papa Bento XVI, em 06/02/2012. Foi casado durante 40 anos e é pai de cinco filhos. Na TV Canção Nova, apresenta o programa “Escola da Fé” e “Pergunte e Responderemos”, na Rádio apresenta o programa “No Coração da Igreja”. Nos finais de semana prega encontros de aprofundamento em todo o Brasil e no exterior. Escreveu 73 livros de formação católica pelas editoras Cléofas, Loyola e Canção Nova.
    Adicionar a favoritos link permanente.