“Sem filhos não tem futuro!”

O apelo de Bento XVI por famílias numerosas

CIDADE DO VATICANO, (15/02/2012- ZENIT.org) – Ao final da Audiência geral, o papa Bento XVI lançou seu apelo de apoio às famílias numerosas, representadas na Sala Paulo VI, pela Associação Nacional das Famílias Numerosas.

“No contexto social atual – afirmou Bento XVI – os núcleos familiares com muitos filhos são um testemunho de fé, de coragem e de otimismo, porque sem filhos não tem futuro!”.

O Papa então encorajou a promoção de “adequadas intervenções sociais e legislativas para proteção e apoio às famílias numerosas, porque estas famílias constituem uma riqueza e uma esperança para todo o país”.

Na saudação final Bento XVI citou os fiéis da Diocese de Pozzuoli, acompanhados pelo Bispo, Dom Gennaro Pascarella. Agradecendo os membros desta comunidade “pelo testemunho de fé”, o Papa manifestou a esperança que “as comunidades paroquiais e as diversas realidades eclesiásticas sejam cada vez mais local de formação espiritual e de autentica fraternidade”.

O Pontífice por fim saudou os Cardeais Stanislaw Dzwisz e Stanislaw Rylko e as outras Autoridades da Delegação vinda para apresentar-lhe a reprodução da Porta Santa da Basílica de São Pedro que será colocada no museu do Beato João Paulo II em Wadowice.

***
Tradução: MEM

Compartilhe!

    Sobre Prof. Felipe Aquino

    O Prof. Felipe Aquino é doutor em Engenharia Mecânica pela UNESP e mestre na mesma área pela UNIFEI. Foi diretor geral da FAENQUIL (atual EEL-USP) durante 20 anos e atualmente é Professor de História da Igreja do “Instituto de Teologia Bento XVI” da Diocese de Lorena e da Canção Nova. Cavaleiro da Ordem de São Gregório Magno, título concedido pelo Papa Bento XVI, em 06/02/2012. Foi casado durante 40 anos e é pai de cinco filhos. Na TV Canção Nova, apresenta o programa “Escola da Fé” e “Pergunte e Responderemos”, na Rádio apresenta o programa “No Coração da Igreja”. Nos finais de semana prega encontros de aprofundamento em todo o Brasil e no exterior. Escreveu 73 livros de formação católica pelas editoras Cléofas, Loyola e Canção Nova.
    Adicionar a favoritos link permanente.