Secretário da CNBB manifesta sua opinião em relação à publicação da imagem do jogador Neymar “crucificado”

O grupo ACIDIGITAL informou nesta última sexta-feira, 28 de setembro de 2012, que Dom Leonardo Steiner, secretário geral da CNBB em uma entrevista coletiva na sede da conferência, na cidade de Brasília, afirmou reprovar a publicação da revista Placar que utiliza da alusão da imagem de Jesus Cristo crucificado colocando o jogador Neymar pregado na cruz.

Para Dom Steiner a revista agiu de maneira inadequada e inapropriada: “Houve um uso inadequado da imagem da pessoa de Jesus Cristo. Certamente muitos cristãos se sentiram ofendidos, mas nós temos que dizer que foi um uso inadequado, inapropriado da pessoa de Jesus, que para os cristãos é uma pessoa decisiva, é o fundamento da vida dos cristãos, por isso acho que é uma ofensa”.

“Depois, o Ocidente todo está marcado por Jesus Cristo crucificado, por isso usar uma imagem de uma pessoa tão decisiva (Jesus) foi um despropósito da revista”, disse Dom Leonardo, que destacou não crer que a população brasileira atue da mesma forma que alguns países islâmicos, como no caso recente do filme sobre o profeta Maomé.

O prelado também afirmou que: “Depois, o Ocidente todo está marcado por Jesus Cristo crucificado, por isso usar uma imagem de uma pessoa tão decisiva (Jesus) foi um despropósito da revista”, disse Dom Leonardo, que destacou não crer que a população brasileira atue da mesma forma que alguns países islâmicos, como no caso recente do filme sobre o profeta Maomé.

“A população brasileira reage de modo diverso. A nossa cultura é outra, mas certamente sentiremos mais por meio de sites, blogs e mídias sociais, a manifestação contrária a capa da revista. Nós já recebemos manifestações contrárias, e claro, não se espera que essas manifestações se estendam às ruas como tem acontecido em outras culturas

 Leia a notícia na íntegra: Imagem do jogador Neymar “crucificado” foi inadequado e inapropriado, afirma secretário geral da CNBB

Fonte: ACIDIGITAL

Compartilhe!

    Sobre Prof. Felipe Aquino

    O Prof. Felipe Aquino é doutor em Engenharia Mecânica pela UNESP e mestre na mesma área pela UNIFEI. Foi diretor geral da FAENQUIL (atual EEL-USP) durante 20 anos e atualmente é Professor de História da Igreja do “Instituto de Teologia Bento XVI” da Diocese de Lorena e da Canção Nova. Cavaleiro da Ordem de São Gregório Magno, título concedido pelo Papa Bento XVI, em 06/02/2012. Foi casado durante 40 anos e é pai de cinco filhos. Na TV Canção Nova, apresenta o programa “Escola da Fé” e “Pergunte e Responderemos”, na Rádio apresenta o programa “No Coração da Igreja”. Nos finais de semana prega encontros de aprofundamento em todo o Brasil e no exterior. Escreveu 73 livros de formação católica pelas editoras Cléofas, Loyola e Canção Nova.
    Adicionar a favoritos link permanente.