São Luís Maria Grignion de Montfort

 Nasceu no dia 31 de Janeiro de 1673 em Montfort,
França. Foi ordenado sacerdote dia 5 de Junho de 1700, no seminário de São
Sulpício em Paris. Seus
primeiros anos de sacerdócio foram dedicados principalmente ao trabalho com os
pobres no hospital de Poitiers, onde conheceu a Maria Luísa Trichet a quem
guiou em sua vocação. Do papa Clemente XI obteve o título de Missionário
Apostólico e percorreu a França anunciando aos pobres o mistério da Sabedoria e
o amor de Cristo Encarnado e Crucificado. Estabeleceu em todas as partes a
prática do santo Rosário e da santa Escravidão de amor, ou perfeita Consagração
a Cristo pelas mãos de Maria, como meio eficaz para viver fielmente a aliança
do batismo. Aos 43 anos de idade, dia 28 de abril de 1716, em plena missão
popular na pequena cidade de São Lourenço, Luís Maria é chamado por Deus à
glória do céu. Sua atividade foi essencialmente missionária e assim foi todo o
estilo de sua vida. Viveu pobre, numa pobreza total, e viveu para evangelizar
aos pobres. Dia 12 de Março de 1853, o papa Pio IX declarou seus escritos
isentos de qualquer erro. Entre estes é universalmente conhecido o “Tratado da
Verdadeira Devoção à Santíssima Virgem”
. Outros livros: O amor da
Sabedoria Eterna, Carta aos amigos da Cruz, O Segredo de Maria.  O Papa Leão XIII o declarou beato no dia 22
de Janeiro de 1888. Pio XII o canonizou solenemente no dia 20 de Julho de 1947.
Dia 20 de Julho de 1996 o Papa João Paulo II inseriu sua festa no calendário
romano universal. Sua festa é comemorada no dia 28 de Abril de cada ano. Para
mais informações: www.monfortinos.hpg.com.br

 

Compartilhe!

    Sobre Prof. Felipe Aquino

    O Prof. Felipe Aquino é doutor em Engenharia Mecânica pela UNESP e mestre na mesma área pela UNIFEI. Foi diretor geral da FAENQUIL (atual EEL-USP) durante 20 anos e atualmente é Professor de História da Igreja do “Instituto de Teologia Bento XVI” da Diocese de Lorena e da Canção Nova. Cavaleiro da Ordem de São Gregório Magno, título concedido pelo Papa Bento XVI, em 06/02/2012. Foi casado durante 40 anos e é pai de cinco filhos. Na TV Canção Nova, apresenta o programa “Escola da Fé” e “Pergunte e Responderemos”, na Rádio apresenta o programa “No Coração da Igreja”. Nos finais de semana prega encontros de aprofundamento em todo o Brasil e no exterior. Escreveu 73 livros de formação católica pelas editoras Cléofas, Loyola e Canção Nova.
    Adicionar a favoritos link permanente.