São João de Ávila será proclamado Doutor da Igreja

Madri, quinta-feira 03 de maio de 2012 (Gaudium Press) – A Conferência Episcopal Espanhola (CEE), aprovou, durante assembleia plenária, uma mensagem sobre São João de Ávila, por ocasião de sua próxima proclamação como Doutor da Igreja Universal por Bento XVI.
O santo será o quarto espanhol -após Santo Isidoro de Sevilha, São João da Cruz e Santa Teresa de Jesus- e o 33º a nível mundial.

Na mensagem, os prelados explicam que a “originalidade” deste santo residia em seu “consistente e atualizado saber teológico, na segurança de seus ensinamentos e no cabal conhecimento dos Padres, santos e dos grandes teólogos”.

Segundo os bispos, São João de Ávila será nomeado doutor por seu estudo e contemplação “com singular clarividência” aos mistérios da fé, assim como por ser capaz de expô-los aos fiéis para que lhes sirvam como guia em sua formação e em sua vida espiritual e por viver “de forma coerente” com seu ensinamento.

Sua sabedoria também é destacada, além de sua promoção pelas distintas vocações na Igreja: a leiga, a vida consagrada e o sacerdócio.

São João de Ávila é definido como uma pessoa “desprendida, generosa, apaixonada por Deus” e desapegado aos bens materiais durante toda a sua vida.

Os bispos recordam que o Santo, após ser ordenado sacerdote em 1526, celebrou sua primeira missa em sua cidade natal e a festejou convidando os pobres para partilharem dos alimentos servidos em sua mesa e repartindo entre eles sua herança.

Diziam sobre ele que se por desgraça, a Bíblia fosse extinta, por qualquer motivo, ele sozinho a restituiria à Igreja, pois a sabia de cor. Esse foi um dos motivos pelos quais se tornou um grande escritor.

Nascido em Almodóvar del Campo (Cidade Real), em 1499 ou 1500, João de Ávila, cresceu e se formou em um ambiente cristão. Estudou Leis na Universidade de Salamanca e Artes e Teologia na de Alcalá. Sua ordenação foi em 1526.
Em 1946 foi declarado patrono do clero secular da Espanha pelo Papa Pio XII e em 1970 foi canonizado pelo Papa Paulo VI.

Os prelados espanhóis asseguram que a voz de São João de Ávila continua “potente, humilde e atualíssima” nesses momentos em que uma nova evangelização se torna urgente. (EPC)

Com informações da ACI DIGITAL.

Compartilhe!

    Sobre Prof. Felipe Aquino

    O Prof. Felipe Aquino é doutor em Engenharia Mecânica pela UNESP e mestre na mesma área pela UNIFEI. Foi diretor geral da FAENQUIL (atual EEL-USP) durante 20 anos e atualmente é Professor de História da Igreja do “Instituto de Teologia Bento XVI” da Diocese de Lorena e da Canção Nova. Cavaleiro da Ordem de São Gregório Magno, título concedido pelo Papa Bento XVI, em 06/02/2012. Foi casado durante 40 anos e é pai de cinco filhos. Na TV Canção Nova, apresenta o programa “Escola da Fé” e “Pergunte e Responderemos”, na Rádio apresenta o programa “No Coração da Igreja”. Nos finais de semana prega encontros de aprofundamento em todo o Brasil e no exterior. Escreveu 73 livros de formação católica pelas editoras Cléofas, Loyola e Canção Nova.
    Adicionar a favoritos link permanente.