São Clemente de Roma.

Foi o
quarto papa e martirizado em 101 DC pelo Imperador Trajano.
Ele seria da família de Flavius Clemens, primo do Imperador Momitian e não
teria uma descendência Judia. Ele teria sido batizado por São Pedro.
Foi o terceiro sucessor de Pedro, logo depois de Cletus e governou a Igreja por
10 anos de 88 a 97DC.
O historiador Origines e outros se referem a ele como o mesmo Clemente que
Paulo chama de trabalhador (Phil4:3).
São Irineu (125-203) diz que Clemente havia conversado com alguns dos
apóstolos.

A Catedral
de São Clemente provavelmente foi construída no local onde era a casa de São
Clemente.
Pela sua Ata de Martírio que ele converteu Theodora e seu marido Sisinnius e
423 outros romanos, e o Imperador Trajano o baniu para a Crimeia onde ele
continuou a fazer seus sermões e milagres. A água mais próxima estava a 8 km de
distancia, mas Clemente apenas fez suas orações e uma fonte jorrou água potável
e abundante.

Ele pregava
para os prisioneiros que trabalhavam nas minas e em breve os mineiros
haviam  construído várias igrejas para abrigarem os convertidos.
Infelizmente este seu sucesso chamou a atenção, e ele foi condenado ao
martírio.
É dito que foi colocado uma pedra de moinho atada ao seu corpo e ele foi jogado
no Mar Negro, mas anjos vieram e construíram uma tumba sob as ondas, tumba esta
que só ficava visível uma vez ao ano por uma posição especial das ondas.

Ele
escreveu a primeira epístola aos Conríntios, e durante o pontificado de
Clemente não houve nenhuma sedição nem insatisfação nos Corintios e a igreja de
Roma estabeleceu a paz e eles renovaram sua fé a tradição recentemente recebida
dos apóstolos.

As suas
relíquias teriam sido trazidas da Crimea por São Cirilo, após terem sido
milagrosamente recuperadas peça por peça mas alguns escolares acham que podem
não ser dele. Apesar disto estão depositadas no altar de São Clemente em
Coelian.

Na ate
litúrgica da Igreja ele é mostrado com uma ancora e um peixe ou com uma pedra
de moinho ou com uma fonte que joga água com suas preces e as vezes deitado no
seu templo no mar.

Sua festa é
celebrada no dia 23 de novembro

Compartilhe!

    Sobre Prof. Felipe Aquino

    O Prof. Felipe Aquino é doutor em Engenharia Mecânica pela UNESP e mestre na mesma área pela UNIFEI. Foi diretor geral da FAENQUIL (atual EEL-USP) durante 20 anos e atualmente é Professor de História da Igreja do “Instituto de Teologia Bento XVI” da Diocese de Lorena e da Canção Nova. Cavaleiro da Ordem de São Gregório Magno, título concedido pelo Papa Bento XVI, em 06/02/2012. Foi casado durante 40 anos e é pai de cinco filhos. Na TV Canção Nova, apresenta o programa “Escola da Fé” e “Pergunte e Responderemos”, na Rádio apresenta o programa “No Coração da Igreja”. Nos finais de semana prega encontros de aprofundamento em todo o Brasil e no exterior. Escreveu 73 livros de formação católica pelas editoras Cléofas, Loyola e Canção Nova.
    Adicionar a favoritos link permanente.