Santuário de Fátima reza pelo Papa Francisco ao completar 5 anos de sua eleição

Segundo o site ACI Digital, no dia em que se completa cinco anos da eleição do Papa Francisco, o Santuário de Fátima rezou pelo Pontífice neste 13 de março, na Missa inserida no programa da peregrinação mensal.

A Celebração Eucarística foi presidida pelo reitor do Santuário, Padre Carlos Cabecinhas, para quem esta efeméride não pode ser “ignorada”. Nesse sentido, convidou os peregrinos a “rezar pelo Papa”.

“As orações pelo Papa são intenção permanente neste lugar, como parte integrante da mensagem de Fátima”, assinalou o reitor, conforme indica o site do Santuário.

De modo concreto, na oração dos fiéis, o Papa Francisco foi lembrado, em uma prece para que “Nossa Senhora o proteja na sua missão”.

Em sua homilia, Pe. Cabecinhas falou sobre quando “Jesus nos confiou aos cuidados de Sua e nossa Mãe”. Segundo ele, é porque Cristo “nos confiou aos cuidados de Nossa Senhora, que os cristãos recorrem confiantes à sua ajuda e proteção”.

Além disso, assinalou, esta confiança na Mãe de Deus é visível em Fátima, onde se “manifesta esse cuidado materno de Maria por nós”.

Pe. Cabecinhas explicou que nas aparições de 1917, Nossa Senhora “apresentou o seu Coração Imaculado como nosso refúgio, como lugar materno que nos acolhe nas tempestades da vida”, conforto que “encontramos aqui em Fátima, junto dela”.

“Receber Maria na nossa vida significa imitá-la nas suas atitudes, acolher a sua mensagem e as suas exortações”, além de “acolher o veemente apelo à conversão que ela aqui veio trazer-nos”, reiterou.

Por fim, o sacerdote sublinhou que “a exortação à conversão atravessa toda a mensagem de Fátima e está patente no pedido repetido para que os homens não ofendam mais a Deus e no apelo à oração e aos sacrifícios pelos pecadores, que marcam a mensagem de Fátima do primeiro ao último momento”.

Papa Francisco em Fátima

Em 2017, quando se comemorou o centenário das aparições de Nossa Senhora de Fátima, o Papa Francisco realizou sua primeira viagem a Fátima, Portugal, nos dias 12 e 13 de maio, quando também canonizou os pastorinhos Jacinta e Francisco Marto.

Naquela ocasião, Francisco presidiu a vigília de oração pelos 100 anos das aparições da Virgem de Fátima, em 12 de maio, na Capelinha das Aparições, quando rezou em silêncio com os peregrinos e realizou a bênção das velas.

Mais tarde, em uma mensagem enviada ao presidente da Conferência Episcopal Portuguesa (CEP), Dom Manuel Clemente, o Pontífice revelou que ficou comovido com “o silêncio de um milhão de peregrinos unidos ao meu silêncio orante, o mar de luz feito por um milhão de velas acesas na noite de vigília”.

Já em 13 de maio de 2017, dia de Nossa Senhora de Fátima, o Santo Padre presidiu a Missa de canonização Jacinta e Francisco Marto, apresentando os novos santos como exemplos de superação das contrariedades e sofrimentos graças à presença divina em suas vidas.

“Como exemplo, temos diante dos olhos São Francisco Marto e Santa Jacinta, a quem a Virgem Maria introduziu no mar imenso da Luz de Deus e aí os levou a adorá-Lo”.

Francisco ressaltou ainda que “no crer e sentir de muitos peregrinos, se não mesmo de todos, Fátima é sobretudo este manto de Luz que nos cobre, aqui como em qualquer outro lugar da Terra quando nos refugiamos sob a proteção da Virgem Mãe para Lhe pedir, como ensina a Salve Rainha, ‘mostrai-nos Jesus’”.

“Queridos peregrinos – disse, dirigindo-se aos presentes –, temos Mãe. Agarrados a Ela como filhos, vivamos da esperança que assenta em Jesus”.

Fonte: http://www.acidigital.com/noticias/santuario-de-fatima-reza-pelo-papa-francisco-ao-completar-5-anos-de-sua-eleicao-40537/

Compartilhe!

    Sobre Prof. Felipe Aquino

    O Prof. Felipe Aquino é doutor em Engenharia Mecânica pela UNESP e mestre na mesma área pela UNIFEI. Foi diretor geral da FAENQUIL (atual EEL-USP) durante 20 anos e atualmente é Professor de História da Igreja do “Instituto de Teologia Bento XVI” da Diocese de Lorena e da Canção Nova. Cavaleiro da Ordem de São Gregório Magno, título concedido pelo Papa Bento XVI, em 06/02/2012. Foi casado durante 40 anos e é pai de cinco filhos. Na TV Canção Nova, apresenta o programa “Escola da Fé” e “Pergunte e Responderemos”, na Rádio apresenta o programa “No Coração da Igreja”. Nos finais de semana prega encontros de aprofundamento em todo o Brasil e no exterior. Escreveu 73 livros de formação católica pelas editoras Cléofas, Loyola e Canção Nova.
    Adicionar a favoritos link permanente.