Santos Patronos e Intercessores da JMJ 2013

A Igreja reza em uma das Orações Eucarísticas, que “os Santos, na presença de Deus, intercedem por nós sem cessar”. Que alegria saber disso! Os moradores do céu tem o coração nos moradores da terra.

No dia de Pentecostes foram anunciados os santos Patronos e Intercessores da Jornada Mundial da Juventude (JMJ) – Rio 2013, pelo arcebispo do Rio, Dom Orani Tempesta. Entre os nomes escolhidos estão santos e beatos jovens dos cinco continentes e do Brasil. São os santos considerados “pais espirituais dos jovens peregrinos”.

Em primeiro lugar foi anunciado a “Estrela da Evangelização”, Nossa Senhora da Conceição Aparecida, Rainha e Padroeira do Brasil, como a chamou o Papa Paulo VI. Em seguida São Sebastião, padroeiro da cidade do Rio de Janeiro; Santo Antônio de Santana Galvão, primeiro santo nascido no Brasil;  Santa Teresinha do Menino Jesus, doutora da Igreja e padroeira das missões; e o Beato João Paulo II, o grande Papa “amigo dos jovens”.

Outros santos escolhidos como Patronos e Intercessores são modelos de vida para os jovens; e a Igreja convida-os a imitarem uma virtude de cada um deles.  Eles representam jovens dos cinco continentes. São eles:

Santa Rosa de Lima (fidelidade); uma jovem que se imolou a serviço de Deus, dos pobres e da Igreja no Peru. Fiel à vontade de Deus

Santa Teresa de Los Andes, (contemplação); uma jovem carmelita do Chile, contemplativa de Cristo

Santa Laura de Vicuña, (pureza); uma jovem que morreu mártir para preservar a castidade

Beato José de Anchieta, (apostolado); um jovem que veio de Portugal e entregou sua vida na evangelização dos índios brasileiros

Beata Albertina Berkenbrock, (virtuosidade na vivência dos valores evangélicos); uma jovem modelo de pureza e espiritualidade

Beata Chiara Luce Badano, (toda entregue a Deus)

Beata Irmã Dulce, (embaixadora da caridade)

Beato Adílio Daronch, (amigo de Cristo)

Beato Pier Giogio Frassati, (amor ardente aos pobres e a Igreja)

Beato Isidoro Bakanja, (mártir do escapulário)

Beato Frederico Ozanam, (servidor dos mais pobres)

São Jorge, (combatente do mal)

Santos André Kim e companheiros, (mártires da evangelização)

Esses santos escolhidos se destacam por virtudes marcantes, que a Igreja deseja que seja vivida pelos jovens: amor profundo e fidelidade à Igreja, caridade exemplar, castidade profunda, intensa espiritualidade, apostolado marcante, vida de oração e contemplação, martírio.

A Igreja mostra aos jovens que não há escola de espiritualidade melhor do que a vida e o ensino dos santos. João Paulo II disse que “a Igreja não precisa de reformadores, mas de santos”. Eles viveram a verdadeira e pura caridade, como Irmã Dulce, Santa Rosa de Lima, Beato Ozanam, fundador da Sociedade de São Vicente de Paulo (Vicentinos) e o Beato Pier Frassati, também vicentino, que morreu aos 24 anos, em 1925, e foi um apóstolo da caridade. Esta é a verdadeira caridade que não instiga e promove a violência, a luta de classes, a comoção social, a revolta dos pobres contra os ricos.

É na Escola desses santos Patronos e Intercessores da JMJ – 2013, que os jovens devem aprender a verdadeira vida em Deus, com grande espiritualidade, caridade fraterna, amor à Igreja, zelo apostólico, obediência ao Magistério, santidade, pureza e oração.

Um ano antes do início da memorável JMJ – 2013, graças a Deus, o caminho do sucesso já está traçado e garantido pelo patrocínio e intercessão dos moradores do Céu. Deus seja louvado!

Prof. Felipe Aquino

Se você quiser saber mais sobre esses santos, visite o portal oficial do evento em: http://www.rio2013.com/pt/a-jornada/patronos-e-intercessores

Compartilhe!

    Sobre Prof. Felipe Aquino

    O Prof. Felipe Aquino é doutor em Engenharia Mecânica pela UNESP e mestre na mesma área pela UNIFEI. Foi diretor geral da FAENQUIL (atual EEL-USP) durante 20 anos e atualmente é Professor de História da Igreja do “Instituto de Teologia Bento XVI” da Diocese de Lorena e da Canção Nova. Cavaleiro da Ordem de São Gregório Magno, título concedido pelo Papa Bento XVI, em 06/02/2012. Foi casado durante 40 anos e é pai de cinco filhos. Na TV Canção Nova, apresenta o programa “Escola da Fé” e “Pergunte e Responderemos”, na Rádio apresenta o programa “No Coração da Igreja”. Nos finais de semana prega encontros de aprofundamento em todo o Brasil e no exterior. Escreveu 73 livros de formação católica pelas editoras Cléofas, Loyola e Canção Nova.
    Adicionar a favoritos link permanente.