Respeito aos direitos humanos e liberdade religiosa devem ser critério para as ajudas econômicas

LONDRES, 18 Mai. 11 (ACI) .- O Diretor da organização internacional católica Ajuda à Igreja que Sofre (AIS), Neville Kyrke-Smith, assinalou que o governo deve considerar o respeito aos direitos humanos, entre os quais está a liberdade religiosa, como critério para decidir a quem prestar ajuda econômica no exterior.

As declarações de Kyrke-Smith sucedem logo que o Secretário de Defesa do Reino Unido, Dr. Liam Fox, tivesse feito uma proposta para que 0,7 por cento do produto bruto interno fosse dedicado à ajuda internacional.

Para o diretor da AIS no Reino Unido, o respeito aos direitos humanos e a liberdade religiosa “tem que ser uma parte essencial do diálogo e a discussão em termos de construir uma sociedade civil. Isto está fortemente entrelaçado com a Declaração Universal de Direitos humanos e nunca pode ser esquecida quando se considera a ampliação de uma ajuda”.

Kyrke-Smith fez esta afirmação logo que o Cardeal escocês Keith O’Brien, Arcebispo de St. Andrews e Edimburg, denunciou que o governo britânico pôs em marcha uma política externa “anti-cristã”.

O Cardeal criticou o governo pela intenção do governo de duplicar a ajuda que dá ao Paquistão de mais de 445 milhões de libras (mais de 720 milhões de dólares).

Paquistão, explica a AIS, viu nos últimos meses uma série de atentados contra os cristãos, como o homicídio do Ministro Shabhaz Bhati, quem foi baleado por vários membros do Al Qaeda à saída de sua casa; e do governador do estado de Punjab, Salman Tasir, também assassinado por ser cristão.

Compartilhe!

    Sobre Prof. Felipe Aquino

    O Prof. Felipe Aquino é doutor em Engenharia Mecânica pela UNESP e mestre na mesma área pela UNIFEI. Foi diretor geral da FAENQUIL (atual EEL-USP) durante 20 anos e atualmente é Professor de História da Igreja do “Instituto de Teologia Bento XVI” da Diocese de Lorena e da Canção Nova. Cavaleiro da Ordem de São Gregório Magno, título concedido pelo Papa Bento XVI, em 06/02/2012. Foi casado durante 40 anos e é pai de cinco filhos. Na TV Canção Nova, apresenta o programa “Escola da Fé” e “Pergunte e Responderemos”, na Rádio apresenta o programa “No Coração da Igreja”. Nos finais de semana prega encontros de aprofundamento em todo o Brasil e no exterior. Escreveu 73 livros de formação católica pelas editoras Cléofas, Loyola e Canção Nova.
    Adicionar a favoritos link permanente.