Religiosas com assombroso “boom vocacional” conformarão novo instituto religioso

MADRI, 16
Dez. 10 / 05:31 pm (ACI).- A comunidade de religiosas de clausura de Lerma – La Aguilera na Espanha, que
no ano passado surpreendeu o mundo por suas numerosas vocações jovens, recebeu
uma notificação oral da decisão do Papa Bento XVI de
erigir sua comunidade como um novo instituto religioso feminino de direito
pontifício, denominado “Iesu communio”.

Ante as diferentes versões jornalísticas que dão conta da aprovação papal, as
religiosas publicaram um comunicado no qual confirmam a notificação mas
esclarecem que estão “à espera de conhecer os documentos pertinentes, por
isso neste momento não nos é possível proporcionar uma informação mais
detalhada”.

As religiosas explicam que a decisão papal “produz-se depois do estudo,
pelos organismos competentes da Cúria romana, da documentação apresentada
através do Sr. Arcebispo de Burgos, Dom Francisco Gil Hellín, como resposta à
petição pela qual a Congregação para os Institutos de Vida Consagrada tinha
animado a comunidade em 2009
a procurar definir com claridade a forma de vida à qual
se sentia chamada Por Deus. O Sr. Arcebispo recebeu deste modo a comunicação
oral da decisão pontifícia, a qual nos transmitiu imediatamente”.

“Até agora vem guardando-se a lógica e necessária reserva, por tratar-se
de matéria submetida ao estudo e decisão da Santa Sé. A aprovação que agora nos
comunica contém a gozosa novidade e a forte responsabilidade de nos confirmar
na vida que Deus tinha suscitado entre nós faz tempo que. Ele é o protagonista
de tudo e nele confiamos para que leve a bom término a vida que começou”,
acrescentam.

Em declarações ao grupo ACI, a irmã
Andrea da comunidade de Lerma reiterou que estão à espera do decreto do Papa e
todos os trâmites estão sendo levados pelo Arcebispo.

“Em um breve espaço de tempo, quando a documentação esteja como deve ser,
não teremos problema em dar informação de nosso modo de vida e do nome, mas até
esse momento não podemos dizer mais”, indicou.

Sobre a comunidade

A comunidade de irmãs Lerma-La Aguilera virou notícia em meados de 2009 quando
a Rádio e Televisão Italiana (RAI) dedicou-lhes uma reportagem em horário nobre
por tratar do convento de clausura com mais vocações jovens do mundo.

Este “boom” vocacional começou com Irmã Verônica, hoje superiora da comunidade,
quem ingressou no convento de monjas Clarissas de clausura da Ascensão fundado
em Lerma (Espanha) em 1604, quando este se encontrava em uma crise vocacional.

Em 1984, Marijose Berzosa -hoje Irmã Verônica- decidiu, aos 18 anos de idade,
deixar atrás a carreira de medicina, os amigos, as discotecas dos anos 80 e o
basquete para ingressar em um convento onde há 23 anos não entrava nenhuma
noviça.

Hoje o convento de Lerma tem mais de cem religiosas com uma média de idade de
35 anos.


Para ver a reportagem da RAI (em italiano) sobre o as religiosas de Lerma-La
Aguilera, visite:
http://www.youtube.com/watch?v=BwBzyxWPCFs&feature=player_embedded

Compartilhe!

    Sobre Prof. Felipe Aquino

    O Prof. Felipe Aquino é doutor em Engenharia Mecânica pela UNESP e mestre na mesma área pela UNIFEI. Foi diretor geral da FAENQUIL (atual EEL-USP) durante 20 anos e atualmente é Professor de História da Igreja do “Instituto de Teologia Bento XVI” da Diocese de Lorena e da Canção Nova. Cavaleiro da Ordem de São Gregório Magno, título concedido pelo Papa Bento XVI, em 06/02/2012. Foi casado durante 40 anos e é pai de cinco filhos. Na TV Canção Nova, apresenta o programa “Escola da Fé” e “Pergunte e Responderemos”, na Rádio apresenta o programa “No Coração da Igreja”. Nos finais de semana prega encontros de aprofundamento em todo o Brasil e no exterior. Escreveu 73 livros de formação católica pelas editoras Cléofas, Loyola e Canção Nova.
    Adicionar a favoritos link permanente.