Quaresma: Papa pede «testemunho de fé» num mundo em dificuldade

Bento XVI celebrou quarta-feira de cinzas na basílica de Santa Sabina, em Roma
Roma, 09 Mar (Ecclesia) – Bento XVI apelou hoje a um “testemunho de fé” dos cristãos, perante um “mundo em dificuldade, que precisa de voltar para Deus”.

“Na maioria dos casos, somos o único Evangelho que os homens de hoje ainda leem”, disse o Papa, na homilia da missa de quarta-feira de cinzas, na igreja romana de Santo Anselmo.

A celebração que marca o início da Quaresma foi presidida por uma procissão penitencial pelas ruas de Roma, entre a igreja de Santo Anselmo e a basílica de Santa Sabina.

Bento XVI recomendou que este tempo litúrgico seja vivido como uma experiência espiritual, considerando que o mesmo “está intimamente relacionado com as atitudes da consciência e pressupõe um sincero propósito de revisão”.

Sobre as práticas tradicionais de “esmola, oração e jejum”, o Papa alertou para o “formalismo exterior” e a tentação de querer demonstrar “superioridade”.

“Quando se realiza algum acto de bondade, surge instintivamente o desejo de sermos reconhecidos e admirados por isso. Isso, por um lado, encerra-nos em nós mesmos e, por outro, projecta-nos para fora, para o que os outros pensam e admiram em nós”, disse.

Neste contexto, Bento XVI convidou a viver estas práticas “não por amor próprio, mas por amor a Deus”.

“Esmola, oração e jejum são o caminho da pedagogia divina que nos acompanham até ao encontro com o Senhor ressuscitado, um percurso que é preciso realizar sem ostentação”, acrescentou.

A Quaresma, que começa hoje com a celebração das cinzas, é um período de preparação para a Páscoa, maior festa do calendário litúrgico cristão, com a duração de 40 dias, marcados por apelos ao jejum, à partilha e à penitência.

Compartilhe!

    Sobre Prof. Felipe Aquino

    O Prof. Felipe Aquino é doutor em Engenharia Mecânica pela UNESP e mestre na mesma área pela UNIFEI. Foi diretor geral da FAENQUIL (atual EEL-USP) durante 20 anos e atualmente é Professor de História da Igreja do “Instituto de Teologia Bento XVI” da Diocese de Lorena e da Canção Nova. Cavaleiro da Ordem de São Gregório Magno, título concedido pelo Papa Bento XVI, em 06/02/2012. Foi casado durante 40 anos e é pai de cinco filhos. Na TV Canção Nova, apresenta o programa “Escola da Fé” e “Pergunte e Responderemos”, na Rádio apresenta o programa “No Coração da Igreja”. Nos finais de semana prega encontros de aprofundamento em todo o Brasil e no exterior. Escreveu 73 livros de formação católica pelas editoras Cléofas, Loyola e Canção Nova.
    Adicionar a favoritos link permanente.