Quaresma deve afastar os fiéis do materialismo

CARACAS, 08 Mar. 11 / 02:26 pm (ACI) Com ocasião do início da Quaresma, o Arcebispo de Caracas (Venezuela), Cardeal Jorge Urosa Savino, dirigiu uma mensagem a todos os fiéis na qual pediu que este tempo de graça sirva para uma renovação espiritual pessoal e comunitária, que afaste os fiéis do materialismo e do consumismo.

A mensagem, dada a conhecer no dia 7 de março, foi dirigida a sacerdotes, diáconos, membros dos institutos de vida consagrada e a todos os fiéis católicos de Caracas e será lida no fim de semana de 12 e 13 de março em todas as Igrejas paroquiais, oratórios públicos e nas escolas católicas.

Em sua reflexão o Cardeal Urosa manifestou que a Quaresma é um convite à conversão, a intensificar a vida cristã, deixando a um lado o pecado, os vícios, os maus hábitos, a indiferença ou a frieza religiosa.

O Cardeal expressou sua preocupação pela Venezuela, marcada por um forte materialismo onde os seres humanos “estamos permanentemente tentados a dar maior importância às coisas materiais que a Deus”.

“Estamos inclinados a procurar sempre nosso egoísmo; a nos abandonar ao gozo dos prazeres, a deixar-nos levar por nossas baixas paixões, por nossas inclinações à comodidade”.

Esta situação, disse o Cardeal, leva o homem ao pecado e à cobiça que conduz à injustiça, ao roubo e ao esbanjamento: “o materialismo, a comodidade, a indiferença ante o compromisso fraterno e social, refletem-se na realidade diária”.

“Oxalá esta Quaresma nos ajude a atuar a partir da fé viva e do intenso amor a Deus por cima de todas as coisas. Tenhamos uma atitude profundamente religiosa e comprometida em concreto com nossos irmãos e nosso país!”

O Cardeal se referiu à situação que vive a sociedade venezuelana onde “há muita agressividade, uma desatada delinqüência, fruto desse afã materialista, e também uma violência assassina cada vez mais cruel, fruto de uma atitude anti-social, produto da falta de amor, centrada simplesmente na afirmação da pessoa, e conseqüência ademais de um ambiente violento general”.

O Cardeal Urosa recordou aos fiéis que nesta Quaresma 2011 a venerável imagem do Nazareno de São Paulo visitará as diferentes paróquias da arquidiocese.

“A imagem de Jesus Nazareno, nosso Salvador, injustamente torturado e justiçado, será um convite a rechaçar e superar em nosso coração e em nossa conduta qualquer tipo de agressividade, violência e injustiça”.

“Será um convite a todos os católicos de Caracas a vencer a violência assassina que banha de sangue as ruas de nossa cidade, especialmente nas zonas populares”, acrescentou.

O Purpurado venezuelano terminou sua mensagem pedindo aos fiéis que aproveitem esta Quaresma “para dar um passo adiante na vivência de nossa Santa religião, para nos sentirmos cada vez mais unidos ao Senhor, para sentir a alegria de pertencer ao povo santo de Deus, que é a Igreja”.

“Sintamos a alegria de acreditar em Deus, e de preferi-lo sobre todas as coisas, com uma atitude profundamente religiosa própria de um autêntico cristão”, concluiu.

Compartilhe!

    Sobre Prof. Felipe Aquino

    O Prof. Felipe Aquino é doutor em Engenharia Mecânica pela UNESP e mestre na mesma área pela UNIFEI. Foi diretor geral da FAENQUIL (atual EEL-USP) durante 20 anos e atualmente é Professor de História da Igreja do “Instituto de Teologia Bento XVI” da Diocese de Lorena e da Canção Nova. Cavaleiro da Ordem de São Gregório Magno, título concedido pelo Papa Bento XVI, em 06/02/2012. Foi casado durante 40 anos e é pai de cinco filhos. Na TV Canção Nova, apresenta o programa “Escola da Fé” e “Pergunte e Responderemos”, na Rádio apresenta o programa “No Coração da Igreja”. Nos finais de semana prega encontros de aprofundamento em todo o Brasil e no exterior. Escreveu 73 livros de formação católica pelas editoras Cléofas, Loyola e Canção Nova.
    Adicionar a favoritos link permanente.