Protesto contra homofobia gerou manifestação de jovens católicos

“Beijaço” contra homofobia reuniu cerca de 150 pessoas em frente à Catedral de Florianópolis

Cerca
de 150 pessoas participaram ou compareceram ao “beijaço” contra a
homofobia marcado para o final da tarde desta a sexta-feira em frente à
Catedral de Florianópolis.

O protesto contra a intolerância
sexual foi marcado por outra manifestação, de jovens católicos. Enquanto
os participantes do primeiro protesto beijavam-se na Praça XV os outros
rezavam em frente a igreja.

A manifestação foi motivada pelos
comentários do deputado federal Jair Bolsonaro, do Rio de Janeiro, que
criou um panfleto sobre a sua opinião homofóbica e deu declarações sobre
as escolhas sexuais da população.

Alunos de Artes Cênicas, da
Udesc e Ufsc, promoveram a ação, chamando vários casais homossexuais,
bissexuais, brancos e negros para que se beijassem ao mesmo tempo.

Além do beijo coletivo, houve uma apresentação contra a homofobia na Praça XV.

Fonte:

http://www.clicrbs.com.br/diariocatarinense/jsp/default.jsp?uf=2&local=18&section=Geral&newsID=a3310124.xml

 

Compartilhe!

    Sobre Prof. Felipe Aquino

    O Prof. Felipe Aquino é doutor em Engenharia Mecânica pela UNESP e mestre na mesma área pela UNIFEI. Foi diretor geral da FAENQUIL (atual EEL-USP) durante 20 anos e atualmente é Professor de História da Igreja do “Instituto de Teologia Bento XVI” da Diocese de Lorena e da Canção Nova. Cavaleiro da Ordem de São Gregório Magno, título concedido pelo Papa Bento XVI, em 06/02/2012. Foi casado durante 40 anos e é pai de cinco filhos. Na TV Canção Nova, apresenta o programa “Escola da Fé” e “Pergunte e Responderemos”, na Rádio apresenta o programa “No Coração da Igreja”. Nos finais de semana prega encontros de aprofundamento em todo o Brasil e no exterior. Escreveu 73 livros de formação católica pelas editoras Cléofas, Loyola e Canção Nova.
    Adicionar a favoritos link permanente.