Presidente do Banco do Vaticano é destituído

Nesta última sexta-feira 25, foi expedido um comunicado do Vaticano. O presidente italiano do Banco do Vaticano, Ettore Gotti Tedeschi foi destituído do cargo. As causas são desconhecidas.

Gotti Tedeschi foi presidente do IOR de 2009 a 2012. Sua nomeação foi vista como tentativa do Vaticano em ser cada vez mais transparente às operações financeiras exigidas pelos padrões internacionais.

O Escritório de Imprensa da Santa Sé decidiu por unanimidade, depois de uma deliberação do Conselho, que o presidente fosse afastado, uma vez que não desempenhou várias funções de importância primordial exigidas pelo cargo que ocupava.

Ao saber do comunicado expressou à agência italiana ANSA: “estou entre a ansiedade de explicar a verdade e não querer incomodar ao Santo Padre”. “Meu amor pelo Papa prevalece inclusive sobre a defesa de minha reputação que foi posta em questão”.

Diante do fato ocorrido, o Papa Bento XVI resolveu criar a Autoridade de Informação Financeira (AIF), uma entidade autônoma para fiscalizar todas as finanças vaticanas, incluindo as operações do IOR.

Agora inicia um “processo de busca de um novo e excelente Presidente, que ajudará o Instituto a restabelecer relações amplas e eficazes entre o Instituto e a comunidade financeira, apoiadas no mútuo respeito dos padrões bancários internacionalmente aceitos”, assim comunicou o Conselho Supervisor do IOR.



Fonte: http://www.acidigital.com/noticia.php?id=23672

Compartilhe!

    Sobre Prof. Felipe Aquino

    O Prof. Felipe Aquino é doutor em Engenharia Mecânica pela UNESP e mestre na mesma área pela UNIFEI. Foi diretor geral da FAENQUIL (atual EEL-USP) durante 20 anos e atualmente é Professor de História da Igreja do “Instituto de Teologia Bento XVI” da Diocese de Lorena e da Canção Nova. Cavaleiro da Ordem de São Gregório Magno, título concedido pelo Papa Bento XVI, em 06/02/2012. Foi casado durante 40 anos e é pai de cinco filhos. Na TV Canção Nova, apresenta o programa “Escola da Fé” e “Pergunte e Responderemos”, na Rádio apresenta o programa “No Coração da Igreja”. Nos finais de semana prega encontros de aprofundamento em todo o Brasil e no exterior. Escreveu 73 livros de formação católica pelas editoras Cléofas, Loyola e Canção Nova.
    Adicionar a favoritos link permanente.