Precisamos evitar dois extremos: de ver o demônio em tudo e de não acreditar nele

Um exorcista fala

SÃO PAULO, quarta-feira, 16 de novembro, 2011 (ZENIT.org) – Dos dias 11 ao 15 de novembro realizou-se na sede da Canção Nova, em Cachoeira Paulista, São Paulo,  um acampamento de cura e libertação que contou com a participação do fundador da Canção Nova, padre Jonas Abib e de outros sacerdotes missionários da obra. Especialmente esteve presente o padre Rufos Pereira, exorcista indiano, que dirigiu a maioria das palestras e orações.

Nas conferências, de forma simples e serena, por meio de explicações do evangelho e de experiências do seu ministério ensinou como lidar com a força do Mal. “Antes de rezar pedindo a libertação precisamos, acima de tudo, perdoar quem nos feriu, sem isso não acontece a cura, não acontece libertação”, dizia o padre Rufos.

Numa das conferências, com o título, “Como o demônio penetra em nossa vida?”, o sacerdote indiano destacou que “devemos saber como o inimigo de Deus nos ataca. Precisamos evitar  os dois extremos: de ver o demônio em tudo, culpando-o de tudo, porque também muitas coisas ruins acontecem conosco por maldade do outro; e de não acreditar nele”. Destacava que “é muito triste, mas os nossos problemas são muito mais com as pessoas do que com o inimigo de Deus!”

“As pessoas fazem coisas erradas por causa da raiva”, dizia o padre Rufos, mostrando como uma das portas principais do demônio nas nossas almas é a falta de perdão.

Padre Rufos também orientou os pais sobre os meios que o demônio utiliza para atacar os seus filhos e que analisem o que os filhos assistem na televisão, a música que escutam, pois segundo ele, o inimigo pode atacar pelos meios de comunicação, até mesmo pelo email.

Concluiu suas pregações com uma oração pelo Brasil e citando a S. João que dizia que o mundo está sobre o poder do demônio, mas lembrou as palavras de Jesus: Nada temas, porque eu venci o mundo”.

Para assistir os vídeos desses cinco dias basta acessar:
http://www.webtvcn.com/canal/padrerufus2011

***
Por Thácio Siqueira

Compartilhe!

    Sobre Prof. Felipe Aquino

    O Prof. Felipe Aquino é doutor em Engenharia Mecânica pela UNESP e mestre na mesma área pela UNIFEI. Foi diretor geral da FAENQUIL (atual EEL-USP) durante 20 anos e atualmente é Professor de História da Igreja do “Instituto de Teologia Bento XVI” da Diocese de Lorena e da Canção Nova. Cavaleiro da Ordem de São Gregório Magno, título concedido pelo Papa Bento XVI, em 06/02/2012. Foi casado durante 40 anos e é pai de cinco filhos. Na TV Canção Nova, apresenta o programa “Escola da Fé” e “Pergunte e Responderemos”, na Rádio apresenta o programa “No Coração da Igreja”. Nos finais de semana prega encontros de aprofundamento em todo o Brasil e no exterior. Escreveu 73 livros de formação católica pelas editoras Cléofas, Loyola e Canção Nova.
    Adicionar a favoritos link permanente.