Possível milagre: Tem início uma importante etapa para o processo de Canonização dos pais de Santa Teresinha

O site Gaudium Press divulgou nesta segunda-feira (14 de janeiro de 2013), que teve início na Espanha, em Valência, uma fase importantíssima no processo de canonização dos pais de Santa Teresinha do Menino Jesus, os Beatos Louis Martin e Celia Guerin.

Segundo a notícia, foi instaurado em Valência, um tribunal para investigar um suposto milagre ocorrido em 2008 pela intercessão dos beatos; a cura de um bebê nascido prematuramente, que por conta disso, sofreu uma série de graves infecções, chegando à beira da morte, e após a oração de seus pais, invocando a intercessão dos beatos, recuperou completamente saúde.

Saiba como se deu este milagre e sua qual sua importância para o processo de canonização:

“A experiência que motivou a investigação é a de um casal que decidiu permanecer no anonimato e que enfrentou a grave enfermidade de uma de suas filhas em 2008. A pequena nasceu prematuramente, depois de uma gravidez de alto risco, e seu diagnóstico era reservado. “Começou com uma hemorragia cerebral mas se complicou com os pulmões e o coração”, recordaram os pais ao informativo diocesano Paraula. A criança, que padecia entre outras infecções uma hemorragia ventricular de grau IV, não respondia aos tratamentos e os médicos preparavam os pais para enfrentar o eventual falecimento de sua filha.

Sem embargo, como a infante havia nascido no dia de Santa Teresa de Ávila, os pais decidiram invocar a ajuda divina, para o qual buscaram com pressa o convento carmelita mais próximo. “Cheguei de noite. Estava fechado e só pude falar com as monjas pelo telefone. Mas no domingo seguinte fomos à Santa Missa de lá”, relatou o pai. Nesta Eucaristia, as religiosas lhes recomendaram pedir a intercessão dos pais de Santa Teresinha, que haviam sido beatificados poucos dias antes, e lhes presentearam com uma estampa com a oração para pedir o milagre.

“Rezamos com muitíssima fé”, disseram os pais. Em poucas semanas o bebê começou a manifestar uma mudança inexplicável em sua saúde, que surpreendeu notavelmente os médicos. Apesar da evidente cura, os profissionais advertiram aos pais sobre as inevitáveis sequelas que esta enfermidade traria para a menina. Entretanto o resultado foi completamente diferente. “Ela está completamente normal. Fala, vai ao colégio e tem vivido perfeitamente bem”, explicaram os pais.

A família manifestou sua gratidão a Deus pelo fato e comentaram o caso às religiosas do convento carmelita, que contactaram a Congregação para a Causa dos Santos.

O tribunal recém constituído coletará toda a documentação sobre o acontecimento, efetuará provas médicas e avaliará os testemunhos disponíveis para examinar e provar se efetivamente o fato constitui um milagre. Uma vez concluída esta fase diocesana, os resultados serão enviados à Santa Sé para avaliação do congresso de médicos do Dicastério e as comissões de teólogos, Bispos e Cardeais, que remeterão, se aprovado, seu informe ao Santo Padre, que promulgaria o “Decreto do Milagre” que tornaria possível a canonização dos beatos.”. (EPC/GPE) Com informações de Paraula e AVAN.

Fonte: http://gaudiumpress.org/content/43396-Aberta-investigacao-sobre-um-possivel-milagre-pela-intercessao-dos-pais-de-Santa-Teresinha#ixzz2IEbieVDG

Compartilhe!

    Sobre Prof. Felipe Aquino

    O Prof. Felipe Aquino é doutor em Engenharia Mecânica pela UNESP e mestre na mesma área pela UNIFEI. Foi diretor geral da FAENQUIL (atual EEL-USP) durante 20 anos e atualmente é Professor de História da Igreja do “Instituto de Teologia Bento XVI” da Diocese de Lorena e da Canção Nova. Cavaleiro da Ordem de São Gregório Magno, título concedido pelo Papa Bento XVI, em 06/02/2012. Foi casado durante 40 anos e é pai de cinco filhos. Na TV Canção Nova, apresenta o programa “Escola da Fé” e “Pergunte e Responderemos”, na Rádio apresenta o programa “No Coração da Igreja”. Nos finais de semana prega encontros de aprofundamento em todo o Brasil e no exterior. Escreveu 73 livros de formação católica pelas editoras Cléofas, Loyola e Canção Nova.
    Adicionar a favoritos link permanente.